Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Em semana curta poucos negócios ocorreram e o foco do mercado esta nos estoques brasileiro

Até o dia de hoje, os embarques brasileiros neste mês estão bem abaixo dos de novembro último


sexta-feira, 25/dezembro/2015
Em semana curta poucos negócios ocorreram e o foco do mercado esta nos estoques brasileiro
Nesta semana mais curta devido às comemorações do Natal, o mercado de café apresentou-se calmo e desinteressado. Os poucos lotes colocados para venda atraíram compradores, mas o valor das ofertas não animou os produtores e o volume de negócios fechados foi baixo. 

Na segunda-feira, reagindo ao pessimismo dos mercados com a nomeação do novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, o dólar voltou a ultrapassar os quatro reais. Ontem recuou e acomodou-se ligeiramente abaixo dos quatro reais. O enfraquecimento de nossa moeda frente ao dólar pressionou as cotações do café no decorrer da semana.

Até o dia de hoje, os embarques brasileiros de café neste mês de dezembro estão bem abaixo dos de novembro último e também do volume médio dos últimos anos para o mês de dezembro. Ao contrário do que se imaginava no início deste mês, provavelmente não será batido em 2015 o recorde anual de volume de café exportado pelo Brasil, que pertence ao ano de 2014 com 36 442 437 scs embarcadas.

Muitos operadores de mercado mostram preocupação com o nível dos estoques brasileiros de café neste final de dezembro. Grandes e importantes armazéns fecham o ano com estoques bem abaixo do usual para esta época do ano.

Até dia 22, os embarques de dezembro estavam em 1.331.414 sacas de café arábica, 58.185 sacas de café conillon, mais 90.334 sacas de café solúvel, totalizando 1.479.933 sacas embarcadas, contra 2.224.803 sacas no mesmo dia de novembro. Até o mesmo dia 22, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em dezembro totalizavam 2.320.710 sacas, contra 2.530.317 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 18, sexta-feira, até o fechamento de quarta-feira, dia 23, subiu nos contratos para entrega em março próximo 195 pontos ou US$ 2,38 (R$ 9,40) por saca. Em reais, as cotações para entrega em março próximo na ICE fecharam no dia 18 a R$ 623,51 por saca, e dia 23, a R$ 631,97 por saca.

Hoje, nos contratos para entrega em março a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 180 pontos.

Fonte: Escritório Carvalhaes

Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Safra argentina terá redução drástica

A caixa de pizza que você iria jogar fora pode salvar uma árvore

Receita do agronegócio deve crescer mais de 10% em 2018

Preço do tomate fica 100% mais caro em dezembro, diz pesquisa


IBGE prevê safra de grãos 9,2% menor em 2018

IBGE prevê safra de grãos 9,2% menor em 2018


Evento de agronegócio inova com ações interativas e surpreende mais de 4.500 pessoas

Evento de agronegócio inova com ações interativas e surpreende mais de 4.500 pessoas


Radar meteorológico japonês é instalado no Paraná

Radar meteorológico japonês é instalado no Paraná


Fazenda paranaense é eleita a mais sustentável do Brasil

Fazenda paranaense é eleita a mais sustentável do Brasil