Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Estudantes alemães visitarão fazenda de leite na região


quinta-feira, 30/março/2017
Estudantes alemães visitarão fazenda de leite na região

Um grupo de estudantes de Veterinária da Alemanha visitará no próximo sábado, 1º de abril, uma propriedade de produção de leite no distrito de Entre Rios, em Guarapuava. O proprietário da fazenda, agrônomo, produtor rural e vice presidente do Sindicato Rural de Guarapuava, Anton Gora, detalhou que os estudantes, do estado alemão da Baviera, têm como principal objetivo conhecer a produção leiteira nacional. “Eles vêm através de uma agência especializada em viagens técnicas, vão visitar várias cooperativas e também produtores rurais, principalmente aqui no sul do Brasil. A intenção é conhecer melhor a produção agrícola e também a de leite. O Brasil está despontando como um grande concorrente na produção de leite para eles”, comentou Gora.        De acordo com ele, os brasileiros hoje têm condições de produzir leite a um custo menor do que na Europa, de maneira geral, devido ao clima quente. “Não precisamos de instalações muito caras”, contextualizou.

Com um sistema diversificado, o produtor rural especificou o que os alemães poderão ver em sua propriedade: “Estamos hoje com 80 vacas em lactação”, número que segundo antecipou chegará a 100 no próximo mês de junho, ampliando-se até o final do ano para 130. A criação, completou, é semi-intensiva, com as vacas passando o dia no pasto e recebendo um complemento de alimentação no cocho, antes e depois da ordenha, “junto com ração, que completa a dieta”.

Há três anos no setor leiteiro, Gora considera que, para ele, a atividade ainda é bastante nova. “Tenho muito o que aprender, melhorar, investir”, opinou. Ao mesmo tempo, se disse “muito satisfeito”, avaliando o leite como “a atividade mais estável” dentro do conjunto da fazenda: “É um preço mais ou menos estável, remunera bem a terra. O faturamento por área é muito maior do que o de grãos e, no momento, está apresentando ainda uma boa rentabilidade, ao contrário dos grãos, com preços muito baixos e tendência a abaixar muito mais ainda”. Para o produtor, leite é “uma excelente alternativa” para pequenos e médios produtores, em especial na região, onde a seu ver as condições de clima são favoráveis. Na agricultura, finalizou, a propriedade trabalha com soja e milho silagem no verão. Durante o inverno, o foco é forragem, com a utilização de toda a área produtiva para aveia (produção de pré-secado para a alimentação do gado).

 

 


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Operação Deriva 2 apreende aeronaves agrícolas em Londrina

Rússia anuncia restrições temporárias à carne suína e bovina do Brasil

V Feira Regional da Agroindústria Familiar movimenta mais de R$ 180 mil em Guarapuava

IBGE estima queda de 8,9% na safra de grãos em 2018


Projeto do USF ensina a fazer geleias de morango e fisális

Projeto do USF ensina a fazer geleias de morango e fisális


Rússia aumenta restrições à carne importada do Brasil

Rússia aumenta restrições à carne importada do Brasil


Em Guarapuava, comissão elege desenho para logomarca da APA Serra da Esperança

Em Guarapuava, comissão elege desenho para logomarca da APA Serra da Esperança


Testes de ONG mostram que 36% dos alimentos têm agrotóxicos acima do limite ou proibidos

Testes de ONG mostram que 36% dos alimentos têm agrotóxicos acima do limite ou proibidos