Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

GTFoods vai importar 90 mil toneladas de milho da Argentina


segunda-feira, 28/março/2016
GTFoods vai importar 90 mil toneladas de milho da Argentina

O Grupo GTFoods, maior conglomerado avícola do Norte do Paraná, é a primeira empresa privada paranaense a importar milho da Argentina. A estratégia está alinhada a manutenção da produtividade diante da queda na oferta do cereal e da alta dos preços no mercado interno. O processo de importação se iniciará com um navio de 27 mil toneladas, e a previsão é de outros dois até o final do mês de maio, totalizando 90 mil toneladas. Com isso, o grupo abastecerá os estoques até a chegada da safrinha prevista para o início do segundo semestre.

“O volume total de compras já realizadas no mercado interno e externo vão atender a 70% da nossa demanda até a entrada da safrinha em julho. Além disso, será uma oportunidade para atuarmos na redução dos custos de produção, pois as embarcações chegam pelo Imbituba (SC), tornando o frente marítimo mais atrativo  contribuindo para um valor final do milho com condições de competir com o valor praticado no mercado interno”, avalia o Gerente Corporativo de Suprimentos do GTFoods, José Carlos Ferreira Junior.

Como a escassez pode durar até a safrinha, que promete uma produção recorde de 90 milhões de toneladas, a importação poderá suprir grande parte da demanda até lá. “Desta forma, iremos garantir o abastecimento de nossa cadeia produtiva, além de conseguir vantagens significativas que vão contribuir com a redução dos nossos custos, obtendo resultados financeiros em nossas operações”, destaca o gerente.

Cenário

Desde o ano passado, o Brasil tem se firmado como o segundo maior exportador global de milho, O volume total exportado em 2015 ultrapassou as 34 milhões de toneladas, atrás apenas dos Estados Unidos. Isso se deve principalmente a uma taxa cambial favorável, que resulta na alta dos preços e na escassez do insumo em algumas regiões do país, especialmente após a preferência de alguns produtores em plantar a soja. Quem mais tem sofrido com isso são os criadores de aves e suínos, que contam com o grão para 70% da alimentação dos animais, e precisam procurar saídas para essa situação, como a importação de países vizinhos.

 

Sobre o Grupo GTFoods

Criado em 2011, o Grupo GTFoods é composto pelas marcas Canção Alimentos, Frangos Canção, Gold Frango, Mister Frango, Bellaves. Além disso, com aposta na diversificação da atuação do grupo, recentemente incorporou as marcas Fresh Foods, Chef Foods e Lorenz. A empresa verticaliza a cadeia produtiva desde as matrizes de recria e produção, até a distribuição do produto acabado. Sua força de vendas abrange, no mercado interno, o atendimento de clientes em todo o país, e, no mercado externo, mais de 80 países.  O Grupo GTFoods teve origem com a empresa Frangos Canção em 1992, na cidade de Maringá. O faturamento bruto em 2014 foi de R$ 1,4 bilhão. Atualmente, o grupo abate aproximadamente 610 mil aves por dia. Mais informações: www.gtfoods.com.br.

 


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Com novo frigorífico, Paraná deverá se tornar líder em carne suína

Brasil cresce em produção e receita com exportação de carne suína

Frimesa começa dia 19 a construção do maior frigorifico da América Latina

Feira do Lago começa neste domingo (08)


Prefeitura apresenta o Projeto Caminhão do Mel

Prefeitura apresenta o Projeto Caminhão do Mel


Novo scanner garante segurança em 100% das cargas

Novo scanner garante segurança em 100% das cargas


Brasil está entre os dez países com a maior área irrigada do planeta, diz estudo

Brasil está entre os dez países com a maior área irrigada do planeta, diz estudo


Guarapuava recebe título de Capital Paranaense da Cevada e Malte

Guarapuava recebe título de Capital Paranaense da Cevada e Malte