Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Reta final do plantio do trigo tem redução de área e alta de preço

Agricultores já cultivaram 99% da área prevista, que deve ser 19% menor.


domingo, 24/julho/2016
Reta final do plantio do trigo tem redução de área e alta de preço

O Deral – Departamento de Economia Rural prevê o cultivo de 1 milhão 130 mil hectares de trigo no Paraná. Até agora os agricultores já semearam 99%. Esse ano tem redução de àrea de 19% em relação a 2015. Mesmo assim o estado continua sendo o maior produtor do grão.

“Tivemos queda tanto na produtividade quanto na qualidade do material da safra anterior. Por isso não conseguimos fazer um posicionamento pra consumo humano, então praticamente a nossa safra foi comercializada para o consumo animal”, diz o produtor Thiago Pfann.

O trigo que vai para a indústria da farinha exige qualidade. O inverno do ano passado, chuvoso, prejudicou o desenvolvimento dessa cultura. É por isso que agora, na entressafra, o trigo bom para a farinha está escasso. Mas a expectativa é que o inverno desse ano seja uma estação mais seca, e o trigo que está sendo plantado mude o cenário para o ano que vem. É exatamente isso que o beneficiador de farinha de trigo espera.

E porque a safra de 2015 foi ruim, hoje o beneficiador está pagando 50% a mais na tonelada de trigo em relação aos preços da safra 2014. A farinha que sai do moinho também tem acréscimo de preço. Já que estão precisando trazer matéria-prima de longe.

“Só a questão de frete já onera. O trigo paraguaio é mais caro que o nacional. A gente tá tendo uma despesa maior pra trazer esse trigo”, explica Luiz Homero Bastos Cunico, sócio-proprietário de moinho.

Para 2016, se o clima ajudar, o mercado promete ser bem promissor. “Este ano para o produtor o preço de saca vai continuar subindo, vai compensar pra quem produziu. O preço de venda e custos de produção devem se manter melhores ao agricultor”, garante a economista Zoraide Costa.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Operação Deriva 2 apreende aeronaves agrícolas em Londrina

Rússia anuncia restrições temporárias à carne suína e bovina do Brasil

V Feira Regional da Agroindústria Familiar movimenta mais de R$ 180 mil em Guarapuava

IBGE estima queda de 8,9% na safra de grãos em 2018


Projeto do USF ensina a fazer geleias de morango e fisális

Projeto do USF ensina a fazer geleias de morango e fisális


Rússia aumenta restrições à carne importada do Brasil

Rússia aumenta restrições à carne importada do Brasil


Em Guarapuava, comissão elege desenho para logomarca da APA Serra da Esperança

Em Guarapuava, comissão elege desenho para logomarca da APA Serra da Esperança


Testes de ONG mostram que 36% dos alimentos têm agrotóxicos acima do limite ou proibidos

Testes de ONG mostram que 36% dos alimentos têm agrotóxicos acima do limite ou proibidos