Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Caminhonete invade Ministério da Fazenda, em Brasília

A empresa que faz a segurança no ministério acionou a Polícia Militar e deteve o homem em flagrante


segunda-feira, 04/janeiro/2016
Caminhonete invade Ministério da Fazenda, em Brasília

A Polícia Federal realiza, na manhã desta segunda-feira, perícia na entrada de serviço do Ministério da Fazenda, em Brasília, invadida por uma caminhonete com placas de Londrina, por volta das 4h40min.

A invasão destruiu as portas de vidro do edifício e as catracas que registram a entrada de visitantes e funcionários, mas não há feridos.

 

A empresa que faz a segurança no ministério acionou a Polícia Militar e deteve o homem em flagrante, que foi levado para a Polícia Federal. A identidade do motorista ainda não foi divulgada.

Segundo o G1, ele seria auditor da Receita Federal. No local, o condutor afirmou a policiais militares que tinha “problemas mentais” e disse ter acelerado em direção ao prédio. Cerca de uma hora depois, a PM informou que ele também alegou “motivações políticas” e disse que invadiu o ministério porque “não gosta do PT”.

O expediente nesta segunda-feira está mantido e os servidores devem entrar pela portaria do Anexo do ministério.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor

Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas

Anthony Garotinho e Rosinha Matheus são presos

Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta


Operários acham suástica gigante na Alemanha

Operários acham suástica gigante na Alemanha


Unicamp aprova cotas étnico-raciais no vestibular 2019

Unicamp aprova cotas étnico-raciais no vestibular 2019


TRF4 nega recurso a Dirceu em decisão condenatória de processo da Lava Jato

TRF4 nega recurso a Dirceu em decisão condenatória de processo da Lava Jato


Mulher morta a tiros pelo marido fez BO por agressão uma semana antes do crime

Mulher morta a tiros pelo marido fez BO por agressão uma semana antes do crime