Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Cartunistas comentam morte de Wolinski, vítima de ataque em Paris


quarta-feira, 07/janeiro/2015
Cartunistas comentam morte de Wolinski, vítima de ataque em Paris

O cartunista francês de origem tunisiana Georges Wolinski, conhecido por seu trabalho de forte teor erótico e político, considerado um dos símbolos de maio de 68, está entre os mortos no ataque contra o escritório da revista satírica “Charlie Hebdo” nesta quarta-feira (7).

Diversos cartunistas do mundo todo comentaram a morte de Wolinski e o tiroteio que teve como alvo a sede da revista que já tinha sido atacada após charge de Maomé. Ao “Jornal Hoje”, Ziraldo disse que Wolinski era muito “irreverente e bravo”. Assista ao vídeo ao lado e leia os depoimentos abaixo:

André Dahmer:
“É uma perda irreparável. Assassinaram o maior cartunista em atividade no mundo. Um homem que influenciou três gerações de desenhistas.”
Arnaldo Branco:
“Wolinski era meu favorito – até por aproximação, por conta do seu desenho tosco (opcional, no caso do francês, que na verdade desenhava muito bem). É difícil até comentar, dada a imbecilidade da morte desse grande mestre – que causa é essa que precisa retaliar um cartum?”
Ziraldo, ao “Jornal Hoje”:
“A gente é amigo de longe. Mas toda vez que eu vou à França, encontro com ele. Ele já veio ao Brasil. A gente tem uma relação muito fraterna, muito agradável. Ele era muito combativo. Aquele francês bem irreverente e bravo. O ‘Charlie Hebdo’ fazia um humor muito agressivo. Acho que eles tinham muita coragem.”
Adão Iturrusgarai, no Twitter:
“Triste dia para o jornalismo, o humorismo, a liberdade. Acabo de saber que houve um atentado contra o jornal de humor francês Charlie Hebdo. Espero que não seja verdade Wolinski seria também uma das vítimas… Sim, parece que assassinaram também o Wolinski. Desisto…Georges Wolinski é minha maior influência.”
Allan Sieber, no Facebook:
“Completamente chocado com a morte dos cartunistas e jornalista da Charlie Hebdo. Os filhos das p**as dos fanáticos mataram o Wolinski. O WOLINSKI, P**RA!!!!!!!!”
Laerte Coutinho, no Facebook:
“Esse ataque ao Charlie Hebdo…é evidente que vai beneficiar a extrema direita, que está crescendo na Europa e buscando criar uma cultura de ódio ao estrangeiro. Como no caso do WTC em 2001.”
Rafael Campos Rocha, no Facebook:
“WOLINSKI foi acusado de falocrata, masculi e todas essas merdas, porque era um LIBERTÁRIO. quem matou foi mais um desses patrulheiros filhos da p**a, para o qual a causa (seja religiosa, política ou de gênero) não serve para LIBERTAR, mas sim para COIBIR, CASTRAR e DESTRUIR, além de, é claro, de manter a sociedade de exploração, que vocês, moralistas de merda, precisam para continuar transformando a vida dos outros em um inferno.”
Ricardo Liniers Siri, no Twitter:
“Eu, do que sou fanático é de não ser fanático.”
David Pope, no Twitter:
“Não consigo dormir esta noite, pensamentos com meus colegas cartunistas franceses, suas famílias e entes queridos #CharlieHebdo”

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Anatel começa a bloquear celular pirata a partir de maio de 2018

Parceiro de Alceu Valença, cantor e compositor Tito Lívio morre aos 60 anos, em Olinda

Estudo aponta contaminação por cocaína no mar do litoral de SP

Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 60 mi


Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor

Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor


Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas

Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas


Anthony Garotinho e Rosinha Matheus são presos

Anthony Garotinho e Rosinha Matheus são presos


Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta

Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta