Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Cheia do Madeira já tirou mais de 2,3 mil famílias de casa, em Porto Velho


quinta-feira, 27/fevereiro/2014
Cheia do Madeira já tirou mais de 2,3 mil famílias de casa, em Porto Velho

O número de famílias fora de suas casas em Porto Velho e em todos os distritos da capital, em razão da maior cheia do Rio Madeira, aumentou para mais de 2,3 mil, segundo o coordenador da Defesa Civil Municipal, coronel José Pimental. A informação foi confirmada na manhã desta quinta-feira (27). Além disso, 14 distritos estão em situação de emergência, segundo o Corpo de Bombeiros. A cota do Rio Madeira, aferida às 7h desta quinta, registra 18,58 metros, de acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA). A cheia recorde do Rio Madeira já ultrapassa em mais de um metro o último registro de enchente, com grandes consequências, registrado em 1997 de 17,52 metros.

As comunidades mais afetadas pelos banzeiros (fortes correntezas) e erosões são São Carlos, Nazaré, Santa Catarina, Bancerá, Terra Caída, Curucaca e Calama. “Infelizmente a quantidade de desabrigados e desalojados só aumenta, na mesma proporção que o nível do rio é elevado”, disse Pimentel. O coordenador da Defesa Civil informa que, na estatística que eleva o número de desabrigados e desalojados, não estão inseridas as famílias do Baixo e Médio Madeira, que começaram a ser removidas nesta semana.

“Identificamos duas mil famílias que já não conseguem mais continuar nas casas. Em torno de 400 já estão realocadas e as operações continuam”, afirma Pimentel.  A capital já conta com 20 abrigos, entre escolas públicas e paróquias cedidas pela Arquidiocese de Porto Velho.

 

A Defesa Civil é auxiliada por 30 bombeiros da Força Nacional para a remoção de famílias, seus pertences e, numa segunda etapa da missão de socorro, na distribuição dos donativos (roupas, alimentos, remédios e outras necessidades).

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Você está falando o nome do novo iPhone do jeito errado

Pesquisadores da UFMG testam vacina contra a cocaína

Única mulher a bordo do submarino argentino desaparecido é oficial pioneira

Homem é detido correndo pelado no Centro de São Carlos


Mega-Sena pode pagar R$ 33 milhões neste sábado

Mega-Sena pode pagar R$ 33 milhões neste sábado


Governo federal vai suspender a abertura de novos cursos de medicina, diz MEC

Governo federal vai suspender a abertura de novos cursos de medicina, diz MEC


Casal morre por asfixia dentro de carro e corpos são encontrados nus em MT

Casal morre por asfixia dentro de carro e corpos são encontrados nus em MT


Morre o ex-poderoso chefão da máfia siciliana Toto Riina, diz imprensa

Morre o ex-poderoso chefão da máfia siciliana Toto Riina, diz imprensa