Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Com recuo do mar, barcos que estavam na água ficam na areia em Florianópolis

Maré baixa mudou paisagens, como no bairro Abraão, neste domingo (3).


domingo, 03/setembro/2017
Com recuo do mar, barcos que estavam na água ficam na areia em Florianópolis

O recuo do mar voltou a ser visto no litoral catarinense neste domingo (3). Em Florianópolis, barcos que antes estavam na água apareceram em uma área seca na praia do Abraão, na região continental.

O que faz a água subir e baixar todo dia é a atração gravitacional que os astros, especialmente o sol e a lua, exercem sobre os oceanos do planeta. Esse fenômeno é conhecido como maré astronômica, que em agosto teve seu ponto máximo em Santa Catarina. O forte recuo do mar, que ocorreu no mês passado e agora, está relacionado a outro fenômeno.

“O que explica esse recuo acentuado é o que a gente chama de maré meteorológica. É a ação do vento sobre a superfície do mar, que retira toda essa água da costa e leva para a região oceânica. São ventos intensos de quadrante nordeste soprando por uma longa extensão do mar. Esse vento gera uma corrente sobre a superfície do mar e essa corrente, em função do movimento de rotação da Terra, retira toda a água para fora na direção oceânica. É por isso que a gente percebe nas praias redução mais acentuada do nível do mar”, explicou o oceanógrafo da Epagri Carlos Eduardo de Araujo, sobre os recuos registrados em agosto.

O recuo do mar por conta da maré baixa provocou cenas inusitadas no mês passado em Florianópolis. Os destroços do navio Guarará, que afundou há 63 anos, ficaram à mostra. A embarcação está a mais de 100 metros da areia da praia do Pântano do Sul, no Sul da Ilha.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Parceiro de Alceu Valença, cantor e compositor Tito Lívio morre aos 60 anos, em Olinda

Estudo aponta contaminação por cocaína no mar do litoral de SP

Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 60 mi

Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor


Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas

Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas


Anthony Garotinho e Rosinha Matheus são presos

Anthony Garotinho e Rosinha Matheus são presos


Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta

Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta


Operários acham suástica gigante na Alemanha

Operários acham suástica gigante na Alemanha