Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Dólar fecha semana em queda, no menor valor desde maio

Na véspera, moeda norte-americana fechou em R$ 3,2082, alta de 0,02%.


sexta-feira, 14/julho/2017
Dólar fecha semana em queda, no menor valor desde maio

O dólar fechou a semana em queda ante ao real nesta sexta-feira (14), no menor valor desde 17 de maio, quando foi noticiada a delação da JBS. No dia seguinte, a moeda disparou e terminou o dia vendida a R$ 3,389 ante R$3,1337 do dia anterior. No exterior, dados fracos sobre a economia norte-americana enfraquecerem as apostas de mais um aperto monetário nos Estados Unidos neste ano, segundo a Reuters.

A moeda norte-americana fechou cotada a R$3,1849, queda de 0,73%. Na semana, o dólar caiu 2,29%. No ano, a moeda norte-americana tem queda de 1,99%. No mês, a moeda caiu 3,86%. Veja cotação de hoje.

Na véspera, em uma vitória do Palácio do Planalto, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara rejeitou o parecer do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que recomendava a autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar a denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva.

Cenário externo

“O Fed já tinha um tom mais brando nos últimos dias e os números de hoje dão força para a autoridade monetária ter uma política menos agressiva (de juros) mais à frente”, avaliou o analista econômico da gestora Rio Gestão, Bernard Gonin, à Reuters.

Em depoimento no Congresso norte-americano nesta semana, a chair do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, Janet Yellen, disse que o país está saudável o suficiente para absorver futuras altas graduais de juros e lenta redução da carteira de títulos. Ela ponderou, no entanto, que dadas as estimativas atuais, os juros não teriam que subir muito mais.

“O cenário externo contribuiu bastante para o movimento do real este mês. Somado ao vento mais benigno interno, há espaço para o dólar ficar abaixo de 3,20 reais”, acrescentou Gonin. Na última semana, o governo conseguiu importantes vitórias, entre elas a aprovação da reforma trabalhista por placar folgado no plenário do Senado.

Na véspera, também garantiu que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara rejeitasse o parecer do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que recomendava a autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) julgar a denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva.

Na véspera, moeda norte-americana, fechou em R$ 3,2082, alta de 0,02%.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
7 órgãos abrem prazo para 605 vagas na segunda-feira

Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 90 milhões

Tucanos avisam que mais da metade da bancada deve votar contra Temer

Ações das Forças Armadas serão feitas de surpresa no Rio


Radar flagra cachorro “dirigindo” carro acima da velocidade em Blumenau, SC

Radar flagra cachorro “dirigindo” carro acima da velocidade em Blumenau, SC


Ex-goleiro Edinho é preso pela 5ª vez em Santos: ‘Não aguento mais’

Ex-goleiro Edinho é preso pela 5ª vez em Santos: ‘Não aguento mais’


Ministério diz que repassou à PF dinheiro para emissão de passaportes

Ministério diz que repassou à PF dinheiro para emissão de passaportes


Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, é encontrado morto

Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, é encontrado morto



CFW Agência de Internet