Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Dólar opera em alta de mais de 1% nesta segunda, de olho no cenário político

Na sexta-feira, a moeda norte-americana subiu 0,24%, a R$ 3,2546 na venda.


segunda-feira, 05/junho/2017
Dólar opera em alta de mais de 1% nesta segunda, de olho no cenário político

O dólar opera em alta frente ao real nesta segunda-feira (5), chegando a encostar em R$ 3,30, com os investidores cautelosos diante de eventos políticos como o julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer e a expectativa de depoimento do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Temer, avalia a Reuters.
Às 16h39, a moeda norte-americana subia 1,02%, a R$ 3,2879 na venda. Veja a cotação do dólar hoje. O dólar não fecha em alta de mais de 1% desde a disparada em 18 de maio, quando, em meio às primeiras notícias sobre a delação da JBS e o presidente Michel Temer, a moeda subiu mais de 8%.
Pesava ainda a expectativa pelo depoimento do ex-assessor especial de Temer e ex-deputado, Rodrigo Rocha Loures. Os temores eram de que, com a crise política, o andamento das reformas, sobretudo a da Previdência, no Congresso Nacional seja ainda mais afetado.
“Para o mercado, pode ser mais um sinal de que a votação das reformas será mais difícil e podemos entrar num período agonizante”, afirmou à Reuters o diretor da corretora Mirae Asset, Pablo Spyer.
No sábado, Loures foi preso após ter perdido o foro privilegiado e deve depor à Polícia Federal nesta segunda-feira.
Temer está sendo investigado no Supremo Tribunal Federal (STF) por crimes, entre outros, de corrupção passiva após delações de executivos do grupo J&F, que também atingiram Loures.
Além da preocupação com eventual delação de Loures que possa comprometer ainda mais Temer, o mercado também está na expectativa pelo desfecho do julgamento da chapa no TSE no dia seguinte.
“O ambiente para a tomada de risco não é dos mais favoráveis”, trouxe a corretora Guide em relatório, citando ainda o cenário exterior.
O dólar se recuperava nesta sessão das mínimas de sete meses atingida na semana passada, avançando contra o euro e uma cesta de moedas, mas ainda exposto a qualquer otimismo renovado em relação à reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) nesta semana. Também estavam de olho na eleição nacional no Reino Unido, nesta quinta-feira.

O Banco Central brasileiro não anunciou intervenção no mercado de câmbio para esta sessão, pelo menos por enquanto. Em julho, vencem 6,939 bilhões de dólares em swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares.
Última sessão

Na última sessão, o dólar fechou em alta, com investidores adotando posições mais cautelosas diante do quadro político incerto à frente. A moeda norte-americana subiu 0,24%, a R$ 3,2546 na venda. Na semana, no entanto, houve queda de 0,33%.

 

 

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Maia sanciona lei que libera remédios para emagrecer, informa Casa Civil

Quina de São João vai sortear R$ 130 milhões em Campina Grande neste sábado

Governo americano suspende todas as importações de carne fresca do Brasil

Maioria do STF confirma validade das delações da JBS e Fachin como relator


Prêmio da Mega-Sena vai para bolão com 22 cotas em Peruíbe, SP

Prêmio da Mega-Sena vai para bolão com 22 cotas em Peruíbe, SP


Cavalo morre um mês após ser leiloado por quase R$ 7 milhões

Cavalo morre um mês após ser leiloado por quase R$ 7 milhões


Incêndio em Portugal teve ‘mão criminosa’, diz chefe dos bombeiros

Incêndio em Portugal teve ‘mão criminosa’, diz chefe dos bombeiros


Brasileira que foi trabalhar em cruzeiro na Europa está desaparecida

Brasileira que foi trabalhar em cruzeiro na Europa está desaparecida



CFW Agência de Internet