Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Dólar sobe e chega a R$ 3,90, de olho em cena política

O mercado continuava apresentando baixo volume de negócios


terça-feira, 15/dezembro/2015
Dólar sobe e chega a R$ 3,90, de olho em cena política

O dólar passou a subir em relação ao real nesta terça-feira (15), com investidores avaliando as implicações da nova rodada de buscas relacionadas à Operação Lava Jato, que envolvem o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de acordo com a agência Reuters.
Veja as cotações dos principais mercados
Às 15h30, a moeda norte-americana subia 0,08%, a R$ 3,8895, após subir nas três últimas sessões e acumular avanço de 4%. Na mínima do dia chegou a R$ 3,8506, e na máxima, a R$ 3,8962. Veja a cotação do dólar hoje.

Acompanhe a cotação ao longo do dia:
Às 9h10, caía 0,58%, a R$ 3,8634.
Às 9h39, caía 0,22%, a R$ 3,8776.
Às 10h09, caía 0,19%, a R$ 3,8785.
Às 10h39, subia 0,02%, a R$ 3,887.
Às 10h50, subia 0,16%, a R$ 3,8924.
Às 11h19, caía 0,28%, a R$ 3,875.
Às 12h12, caía 0,59%, a R$ 3,8632.
Às 13h10, caía 0,36%, a R$ 3,8722.
Às 14h10, subia 0,02%, a R$ 3,8872.
Às 14h29, subia 0,35%, R$ 3,9001.
Às 15h, subia 0,39%, a R$ 3,9015.

O mercado continuava apresentando baixo volume de negócios, com investidores evitando fazer grandes operações na véspera da esperada elevação dos juros nos Estados Unidos. Juros mais altos nos EUA podem atrair para aquele país recursos aplicados hoje no mercado brasileiro, o que deve provocar a alta da moeda norte-americana.

Outro motivo de cautela era a sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) que deve decidir sobre a tramitação do pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, marcada para quarta-feira.

“Não estão claras as consequências dessa ação (da Polícia Federal), é um debate que está percorrendo o mercado. Quando a política é o ‘driver’, a situação fica menos previsível e o resultado é volatilidade”, resumiu o operador de uma gestora de recursos internacional, sob condição de anonimato.

A PF realizou nesta manhã ação para cumprir mandados de busca e apreensão em residências de Cunha, de dois ministros e de outros políticos.

Cunha tem encabeçado a campanha pelo impeachment de Dilma, algo visto como positivo no mercado de maneira geral. Por outro lado, ele também tem dificultado a aprovação de medidas de austeridade fiscal na Câmara, piorando a perspectiva econômica para o Brasil.

De acordo com a agência Reuters, uma fonte do Palácio do Planalto disse nesta terça-feira que a presidente Dilma Rousseff decidiu que a meta de superávit primário do setor público consolidado de 2016 não será de 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB), como defende o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e que deve ficar abaixo de 0,5%.

Ainda no front político, no início da tarde o Conselho de Ética da Câmara aprovou parecer preliminar que dá prosseguimento ao processo contra Cunha que pode resultar na cassação de seu mandato.

A notícia vem um dia antes de sessão do STF que definirá a validade da eleição de membros da comissão especial da Câmara que analisará a abertura do processo de impeachment.

Nos mercados externos, o dólar tinha um dia mais tranquilo após diversas sessões de aversão ao risco, com a alta dos preços do petróleo nutrindo o apetite por ativos de mercados emergentes.

O centro das atenções, porém, é a reunião do Federal Reserve, banco central norte-americano, que deve anunciar na quarta-feira o primeiro aumento de juros em quase uma década.

“O mercado dá como fato que o Fed vai subir juros amanhã. Mas é um evento importante e é normal que o mercado trabalhe com um pouco mais de cautela enquanto isso não se confirma”, disse o operador da corretora Intercam Glauber Romano.

Últimas sessões
Na véspera, o dólar subiu 0,32%, a R$ 3,8862 para venda, após atingir R$ 3,9250 na máxima do dia e voltar ao patamar de R$ 3,90 no intradia depois de duas semanas.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Prêmios de loterias não resgatados somam R$ 326 milhões em 2017

Avalanche isola hotel e pousada nos Alpes italianos

White Martins abre inscrições para programa de estágio

Globocop cai na orla da Zona Sul do Recife e deixa dois mortos


Lula irá a Porto Alegre nesta terça-feira, diz Gleisi Hoffmann

Lula irá a Porto Alegre nesta terça-feira, diz Gleisi Hoffmann


Sisu 2018 vai abrir inscrições à 0h desta terça, diz MEC

Sisu 2018 vai abrir inscrições à 0h desta terça, diz MEC


Decreto autoriza Nubank a virar banco

Decreto autoriza Nubank a virar banco


PF diz que uso de algemas nos pés e nas mãos de Cabral foi para garantir a segurança do próprio preso, dos policiais e de terceiros

PF diz que uso de algemas nos pés e nas mãos de Cabral foi para garantir a segurança do próprio preso, dos policiais e de terceiros