Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Graças à Apple, a câmera de seu celular pode nunca mais funcionar em shows

Empresa obteve patente para um sistema que bloqueia remotamente câmeras de qualquer smartphone


terça-feira, 05/julho/2016
Graças à Apple, a câmera de seu celular pode nunca mais funcionar em shows

Os cinemas poderão ter uma forma mais fácil de impedir a filmagem ilegal durante a exibição de um novo filme.

A Apple teve aprovada recentemente uma patente que consegue bloquear a câmera de qualquer telefone remotamente. A tecnologia usa emissão de raios infravermelhos com dados codificados que carregam comandos para desligar temporariamente as câmeras, impedindo tanto a fotos quanto vídeos.

A descrição da patente indica que ela poderá ser usada para acabar com a pirataria em shows, cinemas e outros locais.

A capacidade do emissor de infravermelho de carregar comandos que podem impactar dispositivos próximos tem outros usos potenciais. O pedido de patente menciona que ela poderá ser aplicada em museus. Um emissor infravermelho poderia ficar ao lado de uma peça em exposição e emitir ondas com informações adicionais, como mais detalhes sobre a pintura, diretamente ao telefone do visitante.

O uso potencial deste tipo de tecnologia que remotamente emite comandos para um telefone pessoal levanta imediatamente preocupações em relação à privacidade – alguns especialistas temem o uso para outros fins.

“A motivação subjacente é definitivamente alarmante”, diz Parker Higgins, porta-voz do grupo de defesa digital Electronic Frontier Foundation. Segundo ele, governos em nível regional, estadual e nacional já defenderam antes que são capazes de controlar remotamente telefones.

A Apple ainda não respondeu ao pedido de entrevista.

A empresa de tecnologia solicitou direitos sobre o sistema infravermelho em 2011 e, cinco anos depois, finalmente adquiriu a patente. Nesse período, a Apple começou a usar uma tecnologia de transmissão de dados parecida, chamada iBeacons, que potencializa o Bluetooth, permitindo que os usuários controlem um sistema de som pelo seu telefone.

Comparado ao Bluetooth, o infravermelho pode parecer hoje algo desatualizado, observou 9to5Mac [site especializado em novidades e rumores da marca].

É possível que a Apple não tenha qualquer intenção de utilizar a patente. Como milhares de outras patentes criadas pela marca todo ano, esta pode acabar nem sendo utilizada.

Gazeta do Povo


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus