Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Imóveis de Youssef vão a leilão pela segunda vez, com 50% de desconto

Primeiro leilão foi realizado no dia 30 de maio e terminou sem nenhum lance.


segunda-feira, 13/junho/2016
Imóveis de Youssef vão a leilão pela segunda vez, com 50% de desconto

Os imóveis do doleiro Alberto Yousseff, que está preso desde março de 2014 pela Lava Jato, em Curitiba, serão leiloados novamente nesta segunda-feira (13) por 50% do valor. O primeiro leilão foi realizado no dia 30 de maio e terminou sem nenhum lance. Os imóveis foram apreendidos pela Justiça Federal.

Entre os bens a serem vendidos estão cotas de sociedade de um hotel na Bahia e um imóvel no Rio de Janeiro, no bairro São Cristóvão. Ao todo, os bens estão avaliados em R$ 6 milhões.

Na capital baiana, há nove lotes. Desse total, oito são cotas de 4% de participação do imóvel comercial Connect Smart Hotel, no bairro Pituba. O nono lote é uma cota um pouco maior, de 5,23%, no mesmo imóvel. Os lances iniciais são de vão de R$ 167 mil a R$ 218 mil. No Rio, são cinco imóveis com mais de 600 metros quadrados com lance inicial de R$ 1,5 milhão.

Os lances serão feitos pela internet, a partir das 14h.

 

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Horário de Verão começará em novembro e não mais em outubro a partir de 2018, informa Planalto

Novo recurso do WhatsApp aparece primeiro no Windows Phone

PT discute “filiação democrática” de Requião para ser vice de Lula

Adolescente desaparecida em Goiás é localizada no Paraná, diz delegada


Novo iMac Pro tem preço de carro 0km no Brasil

Novo iMac Pro tem preço de carro 0km no Brasil


Justiça torna réus acusados de desviar verbas da Lei Rouanet

Justiça torna réus acusados de desviar verbas da Lei Rouanet


Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 39 mi

Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 39 mi


Mendigo rouba 300 mil euros em aeroporto internacional de Paris

Mendigo rouba 300 mil euros em aeroporto internacional de Paris