Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Juiz determina a prisão preventiva de acusado de estupro

Juiz decidiu que Novais ficará detido até julgamento. Ele foi fichado ao menos dezessete vezes pelo mesmo crime


domingo, 03/setembro/2017
Juiz determina a prisão preventiva de acusado de estupro

A Justiça de São Paulo decidiu neste domingo manter preso o ajudante-geral Diego Ferreira de Novais por suspeita de estuprar uma mulher em um ônibus. O juiz Rodrigo Marzola Colombini entendeu que o homem cometeu estupro e converteu a prisão em flagrante para prisão preventiva.

“Trata-se de crime sexual, que traz implícito comportamento repuganante, deplorável, praticado contra mulher em transporte público coletivo”, diz o juiz na decisão, que aceita parte da denúncia do delegado Rogério de Camargo Nader, do 78º DP (Jardins).

Novais, de 27 anos, deverá ficar detido até as conclusões do inquérito policial. A decisão foi proferida após audiência ocorrida no início desta tarde no Fórum da Barra Funda, em São Paulo.

Nader pediu Novais fosse submetido a exames psiquiátricos. O objetivo era descobrir se o ajudante-geral tem alguma doença mental e se precisa de tratamento médico. Mas a solicitação foi negada. A decisão caberá ao juiz que herdar o processo.

O crime

Novais foi preso em flagrante após abusar de uma passageira de um ônibus. Ele estava de pé quando começou a esfregar o órgão genital no braço e nas pernas da vítima. Ao notar que a mulher tentava se afastar, o suspeito amarrou uma camiseta na mão, tirou o pênis para fora da calça e esfregou o órgão novamente na vítima.

Quando a mulher gritou por socorro, Novais segurou na coxa da vítima e tentou continuar com o abuso. Ao perceber a situação, o motorista estacionou o ônibus e trancou as portas. Um passageiro imobilizou o suspeito até a chegada da polícia, que o prendeu em flagrante.

 

Veja


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor

Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas

Anthony Garotinho e Rosinha Matheus são presos

Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta


Operários acham suástica gigante na Alemanha

Operários acham suástica gigante na Alemanha


Unicamp aprova cotas étnico-raciais no vestibular 2019

Unicamp aprova cotas étnico-raciais no vestibular 2019


TRF4 nega recurso a Dirceu em decisão condenatória de processo da Lava Jato

TRF4 nega recurso a Dirceu em decisão condenatória de processo da Lava Jato


Mulher morta a tiros pelo marido fez BO por agressão uma semana antes do crime

Mulher morta a tiros pelo marido fez BO por agressão uma semana antes do crime