Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Menina mordida por leão-marinho está infectada por bactéria mortal

Criança segue internada em tratamento da infecção conhecida como “dedo de foca”


sexta-feira, 26/maio/2017
Menina mordida por leão-marinho está infectada por bactéria mortal

A história do vídeo viral da semana passada, em que uma criança era mordida por um leão-marinho e arrastada pela água, não terminou. A protagonista, que foi resgatada por um homem que se encontrava no cais da cidade canadense de Richmond, atualmente se encontra internada recebendo um tratamento específico para combater uma bateria que é “potencialmente mortal”.

No vídeo, após ser resgatada, é possível ver menina caminhando sem problemas. Mas pouco depois, o ferimento causado pelo animal infeccionou.

Ao consultar um biólogo, a família foi informada que leões marinhos e focas possuem grande quantidade de bactérias nocivas e encaminhou a menina para um centro médico, onde ela passa por tratamento.

O pai da menina disse à TV NBC que a infecção é conhecida como “dedo de foca”, que é causada pela presença uma bactéria cujo nome científico é mycoplasma phocacerebrale, que se não for combatida com os antibióticos adequados por gangrenar a região e até provocar amputação, ou até mesmo a morte do paciente.

Band


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Maia sanciona lei que libera remédios para emagrecer, informa Casa Civil

Quina de São João vai sortear R$ 130 milhões em Campina Grande neste sábado

Governo americano suspende todas as importações de carne fresca do Brasil

Maioria do STF confirma validade das delações da JBS e Fachin como relator


Prêmio da Mega-Sena vai para bolão com 22 cotas em Peruíbe, SP

Prêmio da Mega-Sena vai para bolão com 22 cotas em Peruíbe, SP


Cavalo morre um mês após ser leiloado por quase R$ 7 milhões

Cavalo morre um mês após ser leiloado por quase R$ 7 milhões


Incêndio em Portugal teve ‘mão criminosa’, diz chefe dos bombeiros

Incêndio em Portugal teve ‘mão criminosa’, diz chefe dos bombeiros


Brasileira que foi trabalhar em cruzeiro na Europa está desaparecida

Brasileira que foi trabalhar em cruzeiro na Europa está desaparecida



CFW Agência de Internet