Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

MP-SP denuncia ex-marido de Luiza Brunet por agressão contra atriz

Lírio Parisotto foi acusado de ter quebrado costelas e dedo de modelo.


terça-feira, 26/julho/2016
MP-SP denuncia ex-marido de Luiza Brunet por agressão contra atriz

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) denunciou nesta segunda-feira (25) o empresário Lírio Parisotto, de 62 anos, pela acusação de agredir sua ex-mulher, a atriz, modelo e empresária Luiza Brunet, de 54 anos, em maio nos Estados Unidos e em dezembro de 2015, no Brasil. A informação foi confirmada ao G1 pelo promotor Carlos Bruno Gaya da Costa, do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid), do Ministério Público (MP) de São Paulo.

Procuramos por telefone e por e-mail os advogados de Luiza e de Parisotto para comentarem o assunto nesta segunda-feira. Eles não haviam se pronunciado até as 20h10.

De acordo com Gaya da Costa, Parisotto passa ser acusado de ter cometido o crime de lesão corporal contra Luiza. “Ele terá de ser responsabilizado nos termos da Lei Maria da Penha, que endurece a pena numa eventual condenação”, disse o promotor, que embasou a denúncia nos laudos do Instituto Médico-Legal [IML]. “Ele foi acusado de ter fraturado quatro costelas dela, segundo laudo pericial, no apartamento dele em Nova York, e também de ter quebrado o dedo dela no final do ano passado.”

denúncia seguirá para a Justiça, que decidirá se acolhe a denúncia contra o empresário para que ele seja julgado e responda à acusação.

De acordo com o promotor, as lesões nos Estados Unidos foram leves e as ocorridas em 2015 foram consideradas graves. Os crimes de lesão corporal de natureza leve no contexto da violência doméstica podem ter penas de três meses a três anos de detenção; se a lesão for de natureza grave, as penas podem ser 1 ano a 5 anos de reclusão.

Denúncia
De acordo com o MP, a atriz, que interpreta a personagem Madá, da novela Velho Chico, da TV Globo, procurou a Promotoria para acusar o empresário de tê-la agredido mais de uma vez durante o período de cinco anos em que eles tiveram uma união estável.

Segundo a assessoria de imprensa da atriz, a última agressão ocorreu em 21 de maio, no apartamento do então marido, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. No dia 29 de junho, ela afirmou à Promotoria que Parisotto deu um soco em seu olho, a chutou e quebrou quatro de suas costelas.

Costa orienta a todas as vítimas de violência doméstica a prestar queixa assim que forem agredidas. “Algumas mulheres esperam para denunciar seus agressores”, disse. “Elas devem procurar o quanto antes e não esperarem mais agressões.”

O MP confirmou que dois laudos do IML comprovaram as lesões em maio deste ano e em dezembro de 2015. “Os exames confirmaram as fraturas nas costelas e laudo indireto, feito a partir de radiografia do dedo quebrado dela, também demonstraram a lesão no ano passado.”

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus