Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Paris reduz show e cancela fogos de Ano Novo após ataques de novembro


quinta-feira, 31/dezembro/2015
Paris reduz show e cancela fogos de Ano Novo após ataques de novembro

De olho na segurança depois dos ataques de militantes armados em novembro, autoridades de Paris vão encurtar um show de vídeo e luzes pela passagem do ano no Arco do Triunfo à meia-noite de quinta-feira e cancelar uma queima de fogos, para conter a multidão.

Cerca de 11 mil soldados, policias e agentes de emergência estarão em atividade, 2.000 a mais do que no ano passado, durante as celebrações mais modestas, disse o site oficial da cidade, ao mesmo tempo em que haverá restrições na venda de bebidas alcoólicas.

A capital francesa permanece em estado de alerta alto desde os ataques a tiros e bomba de 13 de novembro por militantes do grupo Estado Islâmico, que mataram 130 pessoas.

“Decidimos marcar o Ano Novo numa atmosfera de mais sobriedade e unidade”, declarou a prefeita Anne Hidalgo no site oficial da cidade.

Fogos e álcool
Queima de fogos não é tradicional nas celebrações, mas fez parte do exaltado Ano Novo de um ato atrás na Avenida Champs-Elysées, a mais famosa da capital.

“Turistas e moradores poderão como sempre se encontrar no que conhecemos como a mais bonita avenida do mundo, mas neste ano a sobriedade está presente. Não haverá um grande show, e os fogos foram cancelados”, disse o site.

A venda e o uso de fogos na região de Paris estará proibida durante a noite, disse a polícia, assim como a compra de álcool para o consumo nas ruas e de qualquer bebida em garrafas de vidro.

Tropas
O ministro da Defesa, Jean-Yves Le Drian, lembrou a imprensa que a mobilização diária das tropas e da polícia na França desde os ataques já era maior do que qualquer missão militar francesa no exterior.

“É maior do que em Mali, do que na República Centro-Africana, do que no Oriente Médio, mas é a mesma luta, o mesmo inimigo. É em casa e também no exterior”, declarou. “Temos que ficar muito atentos, mas a atenção não deve impedir a celebração”. As informações são da agência Reuters.

Cancelamento na Bélgica
Além de Paris, Bruxelas também teve os tradicionais fogos de artifício cancelados. O prefeito de Bruxelas, Yvan Mayeur, decidiu nesta quarta-feira (30) cancelar os fogos e todas os eventos planejados para a celebração do Ano Novo no centro histórico da capital belga, informou a agência EFE.

O prefeito tomou esta medida após fazer consultas com o ministro do Interior, Jan Jambon, e depois de as forças de segurança terem detido nesta terça-feira dois homens que estariam planejando atentados a “vários locais emblemáticos” da cidade durante as celebrações de fim de ano.

Mohammed Karay, de 27 anos, e Saïd Souati, de 30, foram detidos após várias revistas executadas pelas forças de segurança belgas em uma investigação antiterrorista pelo suposto planejamento de atentados em Bruxelas.

Fonte: G1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Lula irá a Porto Alegre nesta terça-feira, diz Gleisi Hoffmann

Sisu 2018 vai abrir inscrições à 0h desta terça, diz MEC

Decreto autoriza Nubank a virar banco

PF diz que uso de algemas nos pés e nas mãos de Cabral foi para garantir a segurança do próprio preso, dos policiais e de terceiros


Operadoras bloquearam 1,6 milhão de celulares em 2017, número recorde

Operadoras bloquearam 1,6 milhão de celulares em 2017, número recorde


Olivia Lua, atriz pornô de 23 anos, morre em clínica de reabilitação nos EUA

Olivia Lua, atriz pornô de 23 anos, morre em clínica de reabilitação nos EUA


5 bilionários brasileiros concentram mesma riqueza que metade mais pobre no país, diz estudo

5 bilionários brasileiros concentram mesma riqueza que metade mais pobre no país, diz estudo


Concursos: pelo menos 16 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher 2,4 mil vagas

Concursos: pelo menos 16 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher 2,4 mil vagas