Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Policial cuida de bebê após mãe ficar nervosa durante discussão

Duas mulheres que moram no mesmo apartamento se desentenderam, no centro de Balneário Camboriú


terça-feira, 29/dezembro/2015
Policial cuida de bebê após mãe ficar nervosa durante discussão

Na manhã desta terça-feira (16), por volta das 11h30min, na Rua 961, no Centro de Balneário Camboriú, a Polícia Militar atendeu uma ocorrência onde duas mulheres que moram no mesmo apartamento para dividir despesas teriam se desentendido.

Desse conflito quem mais sofre é um pequeno anjinho de apenas quatro meses que estava desesperado, filho de uma das mulheres. No calor do momento, a mãe, nervosa, não tinha condições emocionais de dar atenção ao bebê.

Preocupado com a situação, o Cabo Denício passou a cuidá-lo. Depois de fazer a mamadeira, alimentar e acalentar acabou dormindo em seu ombro.

O Conselho Tutelar esteve no local e tomou as devidas providências juntamente com os policiais militares. O anjinho passa bem.

Clickcamboriu


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Lula irá a Porto Alegre nesta terça-feira, diz Gleisi Hoffmann

Sisu 2018 vai abrir inscrições à 0h desta terça, diz MEC

Decreto autoriza Nubank a virar banco

PF diz que uso de algemas nos pés e nas mãos de Cabral foi para garantir a segurança do próprio preso, dos policiais e de terceiros


Operadoras bloquearam 1,6 milhão de celulares em 2017, número recorde

Operadoras bloquearam 1,6 milhão de celulares em 2017, número recorde


Olivia Lua, atriz pornô de 23 anos, morre em clínica de reabilitação nos EUA

Olivia Lua, atriz pornô de 23 anos, morre em clínica de reabilitação nos EUA


5 bilionários brasileiros concentram mesma riqueza que metade mais pobre no país, diz estudo

5 bilionários brasileiros concentram mesma riqueza que metade mais pobre no país, diz estudo


Concursos: pelo menos 16 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher 2,4 mil vagas

Concursos: pelo menos 16 órgãos abrem inscrições nesta segunda para preencher 2,4 mil vagas