Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Prefeita de Roma decreta multas contra atos inadequados em fontes históricas

Para Virginia Raggi é necessário 'garantir a adequada defesa do patrimônio histórico, artístico e arqueológico de Roma'.


segunda-feira, 12/junho/2017
Prefeita de Roma decreta multas contra atos inadequados em fontes históricas

A prefeita de Roma, Virginia Raggi, assinou nesta segunda-feira (12) um regulamento que prevê multas de até 240 euros para pessoas que tenham condutas “contrárias às regras do decoro urbano” nas fontes históricas da capital italiana.

As multas, que vão de 40 a 240 euros (de R$ 148 a R$ 886), serão efetivas para que as pessoas deixem de acampar, consumir bebidas e alimentos nas fontes, sentar e subir nas mesmas, jogar líquidos, despejar lixo, utilizá-las para lavar roupa e animais ou até nadar nelas.

Com estas multas a prefeitura da capital italiana pretende “garantir a adequada defesa do patrimônio histórico, artístico e arqueológico de Roma”.

A medida afeta as fontes romanas que têm um particular valor histórico, entre elas a Fontana di Trevi, a Fontana della Barcaccia na Piazza di Spagna, a de Nettuno em Piazza Navona e a de Dea Roma em Piazza do Campidoglio, onde está localizada a sede da câmara municipal.

O regulamento será válido até 31 de outubro e coincide com o período de férias de verão na Europa, durante o qual a capital italiana recebe um grande fluxo de turistas que, em algumas ocasiões, utilizam as fontes de Roma como refresco perante as altas temperaturas.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Maia sanciona lei que libera remédios para emagrecer, informa Casa Civil

Quina de São João vai sortear R$ 130 milhões em Campina Grande neste sábado

Governo americano suspende todas as importações de carne fresca do Brasil

Maioria do STF confirma validade das delações da JBS e Fachin como relator


Prêmio da Mega-Sena vai para bolão com 22 cotas em Peruíbe, SP

Prêmio da Mega-Sena vai para bolão com 22 cotas em Peruíbe, SP


Cavalo morre um mês após ser leiloado por quase R$ 7 milhões

Cavalo morre um mês após ser leiloado por quase R$ 7 milhões


Incêndio em Portugal teve ‘mão criminosa’, diz chefe dos bombeiros

Incêndio em Portugal teve ‘mão criminosa’, diz chefe dos bombeiros


Brasileira que foi trabalhar em cruzeiro na Europa está desaparecida

Brasileira que foi trabalhar em cruzeiro na Europa está desaparecida



CFW Agência de Internet