Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Prefeito de Lins oficializa união gay: ‘Nos tornamos cidadãos plenos’

Casamento civil selou relacionamento de 13 anos.


segunda-feira, 06/março/2017
Prefeito de Lins oficializa união gay: ‘Nos tornamos cidadãos plenos’

Quatro anos após ser eleito o primeiro prefeito assumidamente homossexual do Brasil, o prefeito de Lins, Edgar de Souza, oficializou o seu relacionamento de 13 anos com o empresário Alexsandro Luciano Trindade, no último sábado (4). A cerimônia de registro civil contou também com um ato ecumênico com a presença de representantes de quatro religiões: evangélica, católica, espírita e candomblé.

“Acredito, pelo que pesquisamos, que sou o primeiro prefeito assumidamente gay a oficializar a união”, afirma. Para Edgar, mais do que pioneirismo e desejo de oficializar a união, o casamento também é uma forma de reafirmar os direitos dos homossexuais. “O casamento entre pessoas do mesmo sexo por si só já é um ato político. É uma forma de reafirmar nossos direitos. Nos tornamos cidadãos plenos, e não pela metade. Encorajamos outras pessoas a fazerem isso também, mostramos que podemos viver nosso amor. Acho que a pessoas carecem de referências positivas, e nós queremos ser isso”, destaca.
Edgar conta que recebeu muitas mensagens de apoio das pessoas por meio das redes sociais. “Muitos disseram que gostariam de ter essa coragem e que nós os representamos. Não era o nosso objetivo ao casar, pensamos em nós, em celebrarmos a nossa união com as pessoas que amamos, mas acaba sendo uma consequência por eu ser uma figura pública, um prefeito.”

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, esteve em Lins no dia anterior à cerimônia, onde participou da inauguração de um centro universitário, e aproveitou para cumprimentar os noivos.

O casal teve como padrinho o novo Coordenador de Políticas para LGBT de São Paulo, Ivan Batista, e o presidente da Diversidade Tucana, Marcos Antonio Fernandes.

Em vez de apenas um adotar o sobrenome do outro, como é praxe no casamento civil, os noivos trocaram os sobrenomes. “Nós dois assumimos um o sobrenome do outro. Agora sou Edgar de Souza Trindade e o Alex é Alexsandro Luciano Trindade Souza”, explica.

Além do casamento civil, amigos do casal de quatro religiões realizaram uma benção conjunta. A escolha pela diversidade religiosa também foi uma forma que os noivos encontraram para passar uma mensagem de tolerância e respeito.

“Eu sou católico e gostaria muito de casar na igreja, mas sei que isso não é possível e respeito. Mas decidimos fazer esse ato ecumênico convidando amigos nossos que representam cada uma dessas religiões e eles, juntos, dividiram o rito de uma forma harmoniosa, mostrando que os diferentes podem conviver tranquilamente se houver respeito e tolerância.”

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Para prender Lula ‘vai ter que matar gente’, diz Gleisi a site

Após chuva intensa, bombeiros atenderam pelo menos 15 ocorrências envolvendo jacarés em Florianópolis

Saiu o edital do Superior Tribunal de Justiça; vagas de nível médio e superior

Acidente envolvendo ônibus escolar deixa dezenas de feridos na Alemanha


Dolores O’Riordan, cantora do Cranberries, morre aos 46 anos

Dolores O’Riordan, cantora do Cranberries, morre aos 46 anos


Jovem morta por ‘inveja’ fez post xingando suspeita: ‘Despeitada’

Jovem morta por ‘inveja’ fez post xingando suspeita: ‘Despeitada’


Após três anos de queda, venda de ônibus e caminhões tem alta de 5%

Após três anos de queda, venda de ônibus e caminhões tem alta de 5%


Mega-Sena, três apostas dividem R$ 12 milhões

Mega-Sena, três apostas dividem R$ 12 milhões