Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Protestos contra o governo estão marcados para 30 cidades de SC

Expectativa é de recorde de público no protesto deste domingo


sábado, 12/março/2016
Protestos contra o governo estão marcados para 30 cidades de SC

Um ano após os primeiros grandes protestos contra o governo Dilma Rousseff (PT), manifestantes voltam às ruas das principais cidades catarinenses neste domingo para pedir o impeachment da presidente. Em Santa Catarina, a previsão é de que os atos ocorram em 30 cidades. As maiores aglomerações estão previstas em Florianópolis, Joinville e Blumenau, porém, até mesmo pequenas cidades como Taió, com menos de 20 mil habitantes no Vale do Itajaí, reunirão manifestantes.

De acordo com os organizadores do movimento, a mobilização de pessoas é uma das diferenças entre os atos deste domingo e os três maiores protestos realizados no ano passado. Em março de 2015, foram 30 mil pessoas em Florianópolis, número que caiu para 26 mil em agosto e menos de mil em dezembro.

A expectativa de Alexandre Paiva, que integra o Movimento Brasil Livre (MBL), é de que o público ultrapasse as 50 mil pessoas neste fim de semana. Ele credita esse possível aumento da participação ao maior tempo de preparação — a data foi escolhida ainda no fim do ano passado —, à participação de um número maior de entidades – como a Federação das Indústrias de SC (Fiesc), Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif), Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL) e ao noticiário político das últimas semanas ligado à Operação Lava-Jato e ao ex-presidente Lula.

— O impeachment nunca esteve tão próximo. As pessoas desanimam quando protestam e nada acontece. Desta vez vai ser diferente. Todo mundo está acompanhando o que vem acontecendo — afirma Paiva.

Quem também estará presente na Avenida Beira-Mar na tarde de domingo será Dilvo Tirloni, conselheiro e ex-presidente da Acif. Segundo o empresário, a situação crítica pelo qual vive o país, tanto política quanto financeiramente, motivou a presença de um grande número de entidades nos protestos Brasil afora.

— Antes, participávamos indiretamente. Agora é apoio total, inclusive com material de apoio e faixas. Chegamos a um limite, e o povo se conscientizou de que a crise tem nome e se chama Dilma — afirma Tirloni.

Polícia espera ato pacífico

Reuniões entre organizadores e a Polícia Militar foram realizadas ao longo das últimas semanas para detalhar o esquema de segurança e o trajeto a ser percorrido pelos manifestantes neste domingo na Capital. De acordo com o tenente-coronel Marcelo Ponte, comandante do 4o Batalhão da Polícia Militar, a expectativa é de um ato pacífico – a exemplo dos realizados em 2015. Serão cerca de 70 agentes escalados para acompanhar a passeata. A PM aguarda pelo menos 30 mil pessoas no ato de Florianópolis.

— A maioria dos policiais deve ficar no fechamento das ruas, até porque temos um outro grande evento, que é a Procissão do Senhor dos Passos — diz Pontes.

A agenda de manifestações pelo Estado

Balneário Camboriú – 16h – Praça Almirante Tamandaré
Barra Velha – 9h – Av. Santa Catarina
Blumenau – 16h – Prefeitura
Brusque – 16h – Parque da Ferraneco
Campo Alegre – Caravana para São Bento do Sul
Canoinhas – 10h – Igreja Matriz Cristo Rei
Caçador – 15h – Parque Central
Concórdia – 15h – R. Coberta
Criciúma – 15h – Parque das Nações
Curitibanos – 9h30 – Praça da Republica
Florianópolis – 16h – TICEN (Terminal de Integração do Centro)
Fraiburgo – 10h – Praça Maria Frey
Gaspar – 10h – Escadaria da Igreja Matriz de Sao Pedro
Itaiópolis – 16h – Praça Brasil
Itajaí – 14h30 – Prefeitura
Itapema – 15h – Praça da Paz (Centro)
Itapoá – 14h – Pátio do Brasão
Jaraguá do Sul – 15h – Praça Ângelo Piazeira
Joinville – 16h – Praça da Bandeira
Lages – 10h – Estátua Correia Pinto
Mafra – 16h – Praça do Alto de Mafra
Navegantes – 14h – Em Frente ao Ferry Boat
Papanduva – 14h – Caravana para Mafra (Praça José Guimarães Ribas)
Porto Belo – 14h – Praça da Bandeira
Porto União – 15h – Praça Hercílio Luz
Rio Negrinho – Caravana para São Bento do Sul
Rio do Sul – 16h – Parque Harry Hobus
Rio dos Cedros – 15h – Igreja Matriz – Caravana para Timbó
São Bento do Sul – 15h30 – Praça Getúlio Vargas (Igreja Matriz)
Taió – 16h – Sociedade Esportiva e Recreativa União
Tijucas – 15h – Concha Acústica
Timbó – 16h – Prefeitura
Tubarão – 17h – Praça Central

DC


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Horário de Verão começará em novembro e não mais em outubro a partir de 2018, informa Planalto

Novo recurso do WhatsApp aparece primeiro no Windows Phone

PT discute “filiação democrática” de Requião para ser vice de Lula

Adolescente desaparecida em Goiás é localizada no Paraná, diz delegada


Novo iMac Pro tem preço de carro 0km no Brasil

Novo iMac Pro tem preço de carro 0km no Brasil


Justiça torna réus acusados de desviar verbas da Lei Rouanet

Justiça torna réus acusados de desviar verbas da Lei Rouanet


Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 39 mi

Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 39 mi


Mendigo rouba 300 mil euros em aeroporto internacional de Paris

Mendigo rouba 300 mil euros em aeroporto internacional de Paris