Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Repórter de TV presa no litoral por suspeita de envolvimento com facção chega a SP

Jornalista e advogada, Luana Don foi detida nesta terça em ação conjunta pela polícia de SP e do RJ. Mulher está sendo chamada de a 'musa do crime'.


terça-feira, 04/julho/2017
Repórter de TV presa no litoral por suspeita de envolvimento com facção chega a SP

Chegou na tarde desta terça-feira (4) à capital paulista a jornalista e advogada Luana de Almeida Domingos, de 32 anos, presa nesta manhã no litoral paulista numa ação conjunta entre a Polícia Civil de São Paulo e a do Rio de Janeiro.

Luana Don, como a repórter de TV é conhecida profissionalmente, era procurada sob a suspeita de transmitir ordens do Primeiro Comando da Capital (PCC) para presos e membros que estavam nas ruas. A facção criminosa é conhecida por atuar fora e dentro dos presídios paulistas.

Ela possuía mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça por indícios de participação nos crimes de corrupção ativa e por integrar organização criminosa. Luana era procurada desde novembro de 2016, quando foi deflagrada a Operação Ethos, coordenada pelo Ministério Público (MP) de São Paulo. A ação visava prender e combater advogados que comandavam esquema de pagamento de propina a agentes públicos e membros de direitos humanos para favorecer o PCC.

Luana, que também está sendo chamada por policiais de “musa do crime”, estava sem trabalhar desde a operação policial. Ela foi presa nesta manhã em Ilhabela. Segundo as investigações, a mulher atuava como “pombo-correio” da “sintonia dos gravatas”, na qual advogados eram pagos pelo PCC para repassarem os planos criminosos da facção. O grupo consegue dinheiro com o tráfico de drogas e assaltos.

Segundo os policiais, ela estava escondida numa casa na Rua Manoel Guerra do Amaral no litoral paulista. A foto dela estava na lista dos mais procurados do site da Polícia Civil de São Paulo, que poderia oferecer recompensas de até R$ 50 mil que levassem até a prisão da mulher.

A jornalista e advogada já havia trabalhado entre 2012 e 2015 como repórter de uma rede de televisão em São Paulo.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Um milhão de pessoas irão receber indenização de poupança, saiba como será o pagamento

Suspeito assume ter extorquido padre com vídeo de sexo, mas nega ter matado PM

Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook

‘Ele pagava o que podia’, diz Pepita Rodrigues sobre prisão do filho, Dado Dolabella


Começa amanhã o pagamento do PIS para trabalhadores nascidos em março e abril

Começa amanhã o pagamento do PIS para trabalhadores nascidos em março e abril


Karla Souza, atriz de ‘How To Get Away With Murder’, afirma que foi estuprada por diretor no início da carreira

Karla Souza, atriz de ‘How To Get Away With Murder’, afirma que foi estuprada por diretor no início da carreira


Clarão é visto no céu da Bahia; astrônomo fala em meteoro

Clarão é visto no céu da Bahia; astrônomo fala em meteoro


STJ substitui prisão de irmãos Joesley e Wesley Batista por medidas cautelares

STJ substitui prisão de irmãos Joesley e Wesley Batista por medidas cautelares