Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Steven Tyler surpreende e canta com músico que foi ao Rock in Rio para ver show: ‘Achei que era um cover’

Violoncelista de São José do Rio Preto (SP) estava tocando em rua do Leblon quando astro do rock apareceu.


quinta-feira, 21/setembro/2017
Steven Tyler surpreende e canta com músico que foi ao Rock in Rio para ver show: ‘Achei que era um cover’

O vocalista da banda Aerosmith, Steven Tyler, surpreendeu um violoncelista de São José do Rio Preto (SP) que viajou para o Rio de Janeiro para acompanhar o show da banda nesta quinta-feira (21), no Rock in Rio. Enquanto tocava seu instrumento na esquina de um shopping no Leblon, o astro apareceu de surpresa na rua e cantou uma música com ele.

“Eu estava tocando na esquina do shopping quando ele chegou do nada e cantou um trecho da música que eu estava tocando. Tinha reparado um movimento estranho na rua, alguns seguranças. Até achei que era um cover dele, até ele soltar o vozeirão dele”, afirma o violoncelista Abner Tofanelli em entrevista nesta quinta-feira.

Abner conta que o fato aconteceu nesta quarta-feira (20). O violoncelista de Rio Preto afirma que sempre costuma tocar na rua para conseguir divulgar seu trabalho e vender o CD que produziu. Como estava no Rio para acompanhar o festival, resolveu tocar na rua para ajudar nas despesas e também mostrar seu trabalho. Ele afirma que nunca esperava ver o cantor de perto.

“Foi uma das maiores experiências da minha vida como músico. Sou muito fã dele, comecei a tremer na hora, fiquei chocado quando o vi de perto. Mas como começou a aglomerar muitas pessoas na hora, ele saiu depressa”, afirma.

O músico rio-pretense estava tocando a música “Thinking Out Loud”, de Ed Sheeran, quando Steven resolveu fazer uma participação especial na canção. Abner conta que como tudo foi muito rápido, não conseguiu tirar uma foto ou fazer um vídeo na hora. Mas, ao final da canção, o violoncelista ainda recebeu R$ 50 do astro do rock.

“Consegui falar com alguém da produção dele, que disse que ele iria ao shopping e depois poderia tirar uma foto e dar um autógrafo. Comprei uma caneta para ele dar o autógrafo e quando ele me viu no shopping, me reconheceu na hora”, afirma.

Carreira de músico

Abner começou a estudar música em um instituto no interior de São Paulo e aprendeu a tocar violoncelo aos 12 anos. Ele chegou a estudar no Projeto Guri e na Escola de Música Belas Artes de São José do Rio Preto.

“Saí de casa aos 16 anos para viver de música. Me apresento sempre no Calçadão de Rio Preto para divulgar meu trabalho e conseguir fazer apresentações em eventos. Toco um pouquinho de cada estilo musical”, afirma.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Prefeito de Petrópolis, pede desculpa e diz que vai revogar lei do Dia do Servidor ‘Bonito Esteticamente’

Demora em associar ruído a submarino que desapareceu causa polêmica na Argentina

Anatel começa a bloquear celular pirata a partir de maio de 2018

Parceiro de Alceu Valença, cantor e compositor Tito Lívio morre aos 60 anos, em Olinda


Estudo aponta contaminação por cocaína no mar do litoral de SP

Estudo aponta contaminação por cocaína no mar do litoral de SP


Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 60 mi

Mega-Sena, ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 60 mi


Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor

Assembleia paulista aprova lei que facilita sujar nome de devedor


Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas

Black Friday: veja os principais problemas dos últimos anos e listas de empresas mais reclamadas