Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Vendas nos supermercados crescem 4,5% em janeiro


quarta-feira, 26/fevereiro/2014
Vendas nos supermercados crescem 4,5% em janeiro

 

As vendas reais nos supermercados cresceram 4,5% em janeiro deste ano, na comparação com janeiro de 2013, de acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em relação a dezembro de 2013, houve queda de -20,85%.

Em valores nominais, as vendas tiveram alta de 10,33%, quando comparadas a janeiro de 2013. Em relação a dezembro, houve queda de -20,41%.

O presidente Abras, Sussumu Honda, disse que as vendas de janeiro foram muito positivas. “O setor de supermercados iniciou 2014 muito bem. Um dos fatores que contribuiu para o aumento das vendas foi o crescimento da massa de rendimento médio real do trabalhador, que, em janeiro deste ano, aumentou 3,3% na comparação com janeiro do ano passado”.

Os 35 produtos de largo consumo tiveram alta de 4,47% na comparação com janeiro de 2013. Em relação a dezembro de 2013, houve crescimento de 1,15%, passando de R$ 360,35 para R$ 364,51.

Os produtos com as maiores altas em janeiro, na comparação com dezembro, foram a cebola (16,40%), carne traseiro (6,63%), arroz (4,29%), o leite em pó integral (2,64%). As maiores quedas foram impulsionadas pela farinha de mandioca (-4,68%), pelo leite longa vida (-4,17%), tomate (-3,79%) e o queijo mussarela (-3,07%).


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Dolores O’Riordan, cantora do Cranberries, morre aos 46 anos

Jovem morta por ‘inveja’ fez post xingando suspeita: ‘Despeitada’

Após três anos de queda, venda de ônibus e caminhões tem alta de 5%

Mega-Sena, três apostas dividem R$ 12 milhões


Preços da gasolina e do diesel sobem hoje nas refinarias

Preços da gasolina e do diesel sobem hoje nas refinarias


“Como estava solteiro, esse dinheiro de auxílio moradia usava pra comer gente.”, diz Bolsonaro

“Como estava solteiro, esse dinheiro de auxílio moradia usava pra comer gente.”, diz Bolsonaro


S&P rebaixa nota de crédito do Brasil

S&P rebaixa nota de crédito do Brasil


Suzane Richthofen tem parecer favorável para cumprir resto da pena em liberdade

Suzane Richthofen tem parecer favorável para cumprir resto da pena em liberdade