Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Representantes do MEC visitam Guarapuava para avaliar curso de medicina da Campo Real


segunda-feira, 04/setembro/2017
Representantes do MEC visitam Guarapuava para avaliar curso de medicina da Campo Real

O sonho de ter um curso de medicina em Guarapuava está mais perto de se tornar realidade. Hoje, segunda-feira (04), avaliadores do Ministério da Educação e Cultura vieram até a cidade para conhecer as estruturas da saúde pública e da Faculdade Campo Real, que abrigarão o curso de medicina. Durante todo o dia, a equipe irá visitar o sistema de saúde municipal, com todas as estruturas, incluindo Unidades Básicas de Saúde, UPA, Urgências e Emergências, Centro de Atendimento Psicossocial, entre outras. “Na reunião, explicamos como nos preparamos para receber o curso de medicina nas estruturas públicas da cidade. As nossas estruturas funcionarão como campo de prática aos alunos e, por isto, é tão importante o papel da gestão municipal neste processo. Além da reforma e construção de Unidades Básicas de Saúde, também realizamos o contrato organizativo de ação pública Ensino-Saúde (Coaps) que melhora a relação entre as instituições de ensino e o município, ambas as ações fundamentais para a implantação do curso de medicina em Guarapuava”, afirmou o prefeito, Cesar Silvestri Filho.

Após a visita, a equipe irá fazer um relatório para então, ser autorizado o processo seletivo (vestibular). “Nossa estrutura está pronta e tem tudo o que é necessário para um ensino inovador. Já temos bibliotecas, salas de aula, laboratórios, tudo pronto para abrigar o curso de medicina. Mas o vestibular só poderá ser anunciado depois do relatório do MEC”, destacou a coordenadora de implantação do curso, Lourdes Figueiredo Leal. O processo de elaboração e publicação de relatório deve levar cerca de 15 dias. Após isso, ainda terá o tempo de publicação de portaria do MEC e trâmites legais do processo.

O curso de medicina é um anseio para toda a região, que não possui a formação específica nas proximidades. “Os municípios da região central do Estado do Paraná têm uma dificuldade imensa em contratação de médicos. Isso acontece porque nossos profissionais saem da região em busca de formação. Com o curso de medicina em Guarapuava, eles terão mais estímulos para ficar aqui”, completou Cesar Filho.

Outra melhoria prevista é a interação entre os profissionais de saúde da cidade e os acadêmicos. “O processo de formação dos alunos vai impactar diretamente na saúde pública de Guarapuava. Os futuros profissionais trabalharão em conjunto com a equipe das Unidades, estimulando uma humanização maior do serviço público de saúde. Vamos ganhar muito na prevenção e na prática dos atendimentos mais humanizados em toda a rede”, finalizou Cesar Filho.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Vereador Samuca irá propor revogação da proibição do transporte por aplicativos

Inscrições para o Vestibular de Medicina da Campo Real terminam nesta segunda-feira, 15 de janeiro

Vale a pena copiar

Bernardo Carli recebe título de Cidadão Benemérito de Candói


Guarapuava inaugura o maior Coworking do Sul

Guarapuava inaugura o maior Coworking do Sul


Campo Real abre inscrições para o Vestibular de Medicina

Campo Real abre inscrições para o Vestibular de Medicina


Vittace Guarapuava deve bater recorde de vendas

Vittace Guarapuava deve bater recorde de vendas


Rede de Supermercado Bavaresco inaugura nova unidade em Guaratuba

Rede de Supermercado Bavaresco inaugura nova unidade em Guaratuba