Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

As primeiras horas no Rio: Bolt evita luxo e badalação em hotel isolado

Blindagem é forte: ''Está aqui para competir''; depois do almoço, astro sai com escolta para 1º treino no RJ


quinta-feira, 28/julho/2016
As primeiras horas no Rio: Bolt evita luxo e badalação em hotel isolado

As primeiras horas de Usain Bolt no Rio de Janeiro foram longe de luxo ou qualquer badalação maior. Um dos principais nomes dos Jogos Olímpicos de 2016, o velocista se uniu à grande parte de delegação do atletismo da Jamaica em um hotel próximo ao local escolhido para o treinamento de seu país, na Zona Norte. A hospedagem tem quatro estrelas e não há um esquema mais forte de segurança. A expectativa é de que o recordista mundial só vá para a Vila dos Atletas na próxima semana. Bolt desembarcou na cidade na noite desta quarta-feira, sob forte esquema de segurança e separado do restante dos atletas de seu país.

A instalação é isolada e silenciosa. Além dos jamaicanos, há outras delegações e pessoas envolvidas com os Jogos hospedados nela, mas não há nem sinal de torcida ou qualquer tietagem dentro e fora de suas dependências. O local fica a menos de 20 minutos do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (Cefan), local onde são realizados os treinos do atletismo jamaicano. Por lá, a privacidade também será primordial, e os trabalhos fechados.

No início da tarde desta quinta-feira, Bolt deixou o local em um ônibus da Marinha e escoltado pelos militares. De lá, seguiu para o treino no Cefan. Esta é a primeira atividade de Bolt no país.

Com a discrição do local, os atletas têm a facilidade de circular livremente sem incômodo. Bolt tomou seu café quase no final da manhã, em uma área isolada, o que transformou o ambiente por alguns minutos. Cerca de dez hóspedes aguardaram o astro deixar o salão para registrar o momento. O jamaicano, no entanto, não parou para ninguém.

– Ele está aqui para competir – dizia o treinador de Bolt.

Há determinação de não se aproximar dos hóspedes. Bolt passou por perto de segurança, recepcionistas e garçons sem que nenhum deles tentasse uma aproximação. Houve até quem desdenhasse do campeão olímpico.

Após uma lesão na coxa esquerda sofrida no começo do mês, nas seletivas da Jamaica, Usain Bolt provou que está recuperado no último fim de semana. Na etapa da Diamond League de Londres, na sexta, ele correu a prova dos 200m como forma de mostrar sua forma física e boa recuperação. Venceu com a marca de 19s80.

A previsão é de que os treinos de Usain Bolt no Rio de Janeiro sejam fechados. Alheio aos holofotes, ele inclusive passou pelo saguão do hotel, nesta manhã, acompanhado de membros de sua delegação carregando uma caixa de material. Outros nomes de peso, como o vice-campeão olímpico Yohan Blake, também estão no local.

Fonte: Globo Esporte


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Corinthians acerta retorno de Emerson Sheik, herói do título da Libertadores

Inscrições para a 5ª Pesca Internacional ao Tucunaré estão abertas

Ex-top sofre acidente no Havaí, desmaia, tem convulsão e é salvo por brasileiro

John John Florence conta com tropeço de Medina e fatura o bi mundial no Havaí


Competição desafia guarapuavanos nas escadarias da Capela do Degolado

Competição desafia guarapuavanos nas escadarias da Capela do Degolado


Inscrições para o Desafio do Degolado terminam nesta quinta (14)

Inscrições para o Desafio do Degolado terminam nesta quinta (14)


Torneio Dalba está com as inscrições abertas

Torneio Dalba está com as inscrições abertas


Fifa suspende Guerrero por um ano. Peruano reagiu com “surpresa e decepção”

Fifa suspende Guerrero por um ano. Peruano reagiu com “surpresa e decepção”