Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Guia do Paranaense: 12 clubes lutam por título, calendário e permanência


sábado, 19/janeiro/2013
Guia do Paranaense: 12 clubes lutam por título, calendário e permanência

O Campeonato Paranaense – que começa no domingo – promete. O Coritiba busca do tetracampeonato. O Atlético-PR entra em campo com o time sub-23, mas vai tentar quebrar a hegemonia do arquirrival. O Paraná Clube, de volta para a elite, também quer levantar a taça. E os outros clubes também vêm forte. De olho no título, Arapongas e Londrina apostam em jogadores experientes, como Jabá e Germano. O Toledo conta com um quarteto de uruguaios. O Rio Branco-PR quer fazer bonito no ano o centenário. E o Cianorte, melhor time do interior no ano passado, tenta repetir (ou até melhorar) a campanha.

Outros times, como J. Malucelli, Operário, Nacional-PR e Paranavaí, têm metas mais modestas. Eles tentam, primeiro, garantir a permanência na elite estadual, para aí sim pensar em objetivos maiores, como vagas na Série D do Campeonato Brasileiro de 2013 e na Copa do Brasil de 2014.

Assim como em 2012, o Campeonato Paranaense vai ser disputado em dois turnos, com 11 rodadas em cada. O campeão de cada fase garante vaga na final. Caso o mesmo time vença turno e returno, ele conquista o título sem necessidade de final. A única diferença no regulamento é que a melhor equipe na classificação geral tem a vantagem do empate na decisão. Confira, a seguir, as informações dos 12 clubes que vão disputar o estadual:
Arapongas
Panorama: o Arapongas aposta na mescla juventude/experiência para lutar pelo título do interior e pela vaga na Série D. Terceiro colocado no ano passado, atrás apenas da dupla Atletiba, o time comandado agora por Zezinho conta com a experiência dos atacantes Baiano, de 30 anos, e Jabá, 31, e com a vitalidade dos jovens Cristovan, de 22 anos, e Rick, 23.
Destaques: atacantes Baiano e Jabá.
Time-base: Edson; Cristovan, Douglas, Breno e Wellington Indinho; Russo, Luis Mario, Edu Amparo e Rick; Baiano e Jabá.
Sidiclei Menezes, diretor de futebol: “Em toda área, é importante ter a mescla de experiência com juventude. O mais jovem precisa do apoio do mais experiente, e o mais velho sempre aprende com o jovem. Isso é muito importante. Com essa mescla, vamos buscar o título. Assim como as demais equipes, que têm objetivos na competição, nós temos condições”.
Atlético-PR

Jovens correm atrás de espaço no Rubro-Negro
(Foto: Divulgação/Site oficial do Atlético-PR)
Panorama: o Furacão entra em campo com o time sub-23 (o grupo principal faz uma pré-temporada mais longa e pode estrear no returno). Apesar de ter um time de aspirantes, o clube busca o título, principalmente para quebrar a hegemonia do arquirrival Coritiba, atual tricampeão paranaense. A equipe comandada por Arthur Bernardes é formada basicamente por pratas-da-casa, com raras exceções – como Zezinho e Tiago Adan. Mesmo novo, o grupo tem bons valores, como o goleiro Santos e os atacantes Edigar Junio, Júnior Barros e Taiberson.
Destaques: goleiro Santos e atacante Júnior Barros.
Time-base: Santos; Jean Felipe, Erwin, Rafael Zuchi e Heracles; Renan Foguinho, Zezinho e Harrison; Pablo, Taiberson e Júnior Barros.
Arthur Bernades, técnico: “Nosso time jogará com organização, sempre será competitivo e buscando a vitória. Estou aplicando, dentro de uma grande estrutura que encontrei aqui no Atlético, todo o meu conhecimento de treinos e campeonatos de fora. Quero colocar tudo isso em prática nos jogos”.
Cianorte
Panorama: quarto colocado em 2012, o Cianorte entra na disputa novamente com um elenco forte e candidato a ser um dos melhores times do interior. Com uma bela campanha na Série D do ano passado, a diretoria do Leão tenta repetir a estratégia dos últimos anos e manteve a base do time, mas perdeu sua referência de gols: Henrique, que foi para o Mogi Mirim. Cleiton, Jovane, Paulinho e Dedoné e o técnico Paulo Turra estão entre os que permanecem no clube.
Destaques: meio-campo Paulinho e atacante Dedoné.
Time base: A equipe do Cianorte para o estadual tem Marcelo; Lisa, Alexandre Luz, Gil, e Digão; Cleiton, Jovane, Paulinho e Juliano; Dedoné e Elí.
Paulo Turra, técnico: “Estamos confiantes, sabedores, e cientes daquilo que necessitamos fazer dentro de campo. Tenho a convicção de que estamos no caminho certo, a reformulação foi feita e o elenco está totalmente adaptado a minha filosofia de trabalho”.
Coritiba

Com Alex, Coritiba busca o tetracampeonato
(Foto: Divulgação/site oficial do Coritiba)
Panorama: o Coxa entra mais um ano como o favorito para conseguir o tetracampeonato, fato que não acontece há 39 anos. O time alviverde lida com a necessidade de equilibrar o sonho regional com o anseio por um título nacional – principal meta do Coritiba na temporada. Por isso, a pré-temporada do time principal foi ampliada, e as rodadas iniciais serão disputadas com os reservas. As contratações também se destacam, como o meia Bottinelli, ex-Flamengo, e o zagueiro Leandro Almeida, que pertence Dínamo de Kiev-UCR – além do retorno do ídolo Alex.
Destaques: meia Alex e o atacante Deivid.
Time-base: Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro (Leandro Almeida), Escudero (Emerson) e Dênis; Willian, Rafinha, Bottinelli, Alex e Lincoln; Deivid.
Marquinhos Santos, técnico: “É um privilégio muito grande trabalhar no Coritiba e dirigir esse grupo tão qualificado de jogadores. Sei da minha responsabilidade, sei que a cobrança vai ser maior. Estamos tentando construir um Coritiba novo, um Coritiba diferente. Todo mundo tem participado muito, o Ximenes, o próprio presidente, o Paulo Aquino, todo mundo”.
J. Malucelli
Panorama: o Jotinha não quer, em 2013, correr risco de rebaixamento – como ocorreu nas duas últimas edições. Nono colocado em 2011 e 2012, o time da capital aposta em jogadores experientes, como Ceará e Bruno Batata, e pratas-da-casa do Coritiba. Ao todo, o J. Malucelli conta com oito atletas que pertencem ao Verdão, como Lima e Caio Vinícius.
Destaques: meio-campo Ceará e atacante Bruno Batata.
Time-base: Fabrício; Edu Walter, Diego Alemão, Alex Fraga e Tomas; Thiago Matos (Lima), Wellington, Ceará e Andrezinho; Bruno Batata e Willian.
Sandro Forner, técnico: “A média de idade do grupo é de 23 anos, mas tem uma qualidade boa. Queremos fazer uma campanha mais confortável. No ano passado, ficamos perto da zona de rebaixamento. Temos um objetivo e podemos fazer um bom campeonato”.
Londrina

Londrina quer voltar a brilhar no cenário estadual
(Foto: Divulgação/ Site oficial do Londrina)
Panorama: Após campanha discreta em 2012 (sexto colocado no geral), o Londrina aposta em um elenco experiente para tentar conquistar uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro e brigar pelo título do estadual. Entre os jogadores que chegaram ao time comandado por Cláudio Tencati, os principais são Germano, experiente volante, Celsinho, o sósia do Ronaldinho Gaúcho, e o atacante Neílson. Outra novidade no Tubarão é o atacante Alexandre Oliveira, artilheiro da equipe no ano passado, que retorna de empréstimo e mantém a força no ataque do Tubarão.
Destaques: meio-campo Celsinho e atacante Alexandre Oliveira.
Time base: Danilo; Régis, Rogério, Élson e Wendell Borges; Diogo Roque, Bruno, Germano e Celsinho; Neílson e Alexandre Oliveira.
Claudio Tencati, técnico: “Primeiramente esperamos que o torcedor londrinense confie. Antes eu tinha uma equipe, hoje tenho um grupo, que está se fortalecendo em todos os sentidos. Ainda temos algumas peças que estão fora, mas estamos bem preparados para a estreia do estadual”.
Nacional-PR
Panorama: Em 2012, o Nacional disputou a Série Prata junto com o Paraná Clube e terminou na quarta colocação geral. A vaga à Série A veio após o STJD punir Júnior Team e Cincão, pela escalação de atletas irregulares. Na briga para se firmar na elite do estadual, o Nacional espera montar um time competitivo.
Destaques: meio-campo Genrozo e atacante Catatau.
Time-base: Vinicius; Rafinha, Jonathan, Fernando Presente e Guaru; Jamaica, Doriva, Diogo e Generozo; Afonso e Catatau.
Carlos Nunes, técnico: “Nós trabalhamos na pré-temporada para trabalhar a equipe. Fizemos bons jogos e mudamos o pensamento das pessoas em relação à equipe. O time está pronto para a estreia, mas ainda não está no seu melhor. Vamos atingir isso dentro da competição”.
Operário-PR

Operário-PR trabalha desde o ano passado e com
vários amistosos (Foto: Divulgação / Camboriú)
Panorama: O Fantasma de Ponta Grossa está bem diferente da equipe que disputou o Campeonato Paranaense no ano passado. A mudança começa pela diretoria, passa pela gerência de futebol e termina na equipe. O clube alvinegro fez uma parceria com uma empresa, que gerencia o futebol, e colocou objetivos audaciosos: conquistar o primeiro turno do estadual, para, depois, assegurar vaga na Copa do Brasil e na Série D. Dos 33 jogadores do elenco, só seis atuaram no ano passado: Silvio, Marquinhos, Grillo, Neguetti, Willian e Correa.
Destaques: meia Rone Dias e o volante Adoniran (ex-Santos).
Time base: Silvio; André Luis, Alex Moraes, Neguetti e Fabinho; Edimar, Grillo, Sidney e Cacá; Maicon e Thiago.
Edson Neguinho, gerente de futebol: “Queremos ser ousados e passar uma cara nova para o Operário-PR. Sabemos que o time tem condição de ser campeão do primeiro turno e esse será o nosso primeiro passo. Depois vamos ver e analisar o sonho de ser Campeão Paranaense”.
Paranavaí
Panorama: o Paranavaí entra na competição para, primeiro, garantir a permanência na elite estadual e, depois, tentar beliscar uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Décimo colocado em 2012, o Vermelhinho passou por uma reformulação. Do time-base, apenas o lateral-direito Esdras e o atacante Alex Ricardo permanecem no clube. E, para reforçar o clube, jogadores como o lateral-esquerdo Leandro e o meio-campo Celinho chegaram para a disputa do estadual.
Destaques: zagueiro Alex Noronha e volante Vieira.
Time-base: Naldo; Esdras, Célio Lima, Alex Noronha e Leandro; Schneider, Celinho e Felipe; Alex Ricardo, Vieira e Renato Dias.
Ney César, técnico: “É um time bem coeso. Não tem ninguém especial. É uma base forte. O Paranavaí é humilde, tem um grupo bem focado e tem um objetivo. Vamos tentar chegar à zona de conforto, com 40% ou 50% dos pontos, e aí pensar em buscar uma vaga na Série D”.
Paraná

Paraná, de Lucio Flavio, foca no título estadual
(Foto: Divulgação/site oficial do Paraná Clube)
Panorama: Após amargar uma temporada na Série Prata do Campeonato Paranaense, o Tricolor volta à elite do estado buscando recuperar a força do clube e conquistar um título estadual. Uma das principais dificuldades da diretoria nos últimos anos foi manter um elenco-base de um ano para o outro, resultando sempre em um grupo novo a cada início de temporada. Já em 2013, o clube da Vila Capanema manteve boa parte do elenco, incluindo destaques como o camisa 10 Lucio Flavio, o zagueiro Alex Alves e o meio-de-campo Luisinho.
Destaques: meio-campo Lucio Flavio, zagueiro Alex Alves e atacante Reinaldo.
Time base: Luis Carlos; Ângelo, Anderson, Alex Alves e Henrique; Ricardo Conceição, Júnior Capixaba, Lucio Flavio e Rubinho; Luisinho e Reinaldo.
Lucio Flavio, meio-de-campo: “O fato de permanecer com seis atletas que terminaram o ano e, consequentemente, vindos reforços, a tendência é iniciar o ano de maneira diferente. Hoje o grupo conhece o treinador e o treinador conhece a maioria do grupo. Isso é um grande aliado para tentar efetuarmos um bom campeonato”.
Rio Branco-PR
Panorama: no ano do centenário do clube, o Leão da Estradinha se estrutura para fazer um Campeonato Paranaense exemplar e voltar a figurar entre os principais times. A primeira medida vai ser voltar a jogar no Estradinha, estádio tradicional do clube parnaguara. No elenco, a nova diretoria formou a equipe e trouxe 25 novidades, entre eles, alguns jogadores experientes como o goleiro Rodrigo Café. O objetivo do time alvirrubro é conquistar uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem.
Destaques: goleiro Rodrigo Café e atacante Marcelo Tamandaré.
Time-base: Rodrigo Café; Elvis, Valdir, Vinicius e Wagner; Peu, Duda, Renan Meduna e Renan Tavares; Willian e Bahia.
Gassem Youssef, técnico: “Nós buscamos a classificação para a Série D como o principal objetivo. Estamos preparados e otimistas. Quando as contratações necessárias chegam e conseguimos montar um time, sempre temos que estar otimistas, assim como Londrina, Cianorte e Arapongas estão”.
Toledo

Toledo conta com quatro jogadores uruguaios
(Foto: Divulgação / Site oficial do Toledo)
Panorama: o Toledo quer superar a irregularidade de 2012, quando terminou na sétima posição no geral, para surpreender no estadual e dar trabalho aos grandes – como no jogo-treino contra o Coritiba, com empate em 0 a 0. O time do interior quer fugir da briga na parte intermediária da tabela e mostrar força para conseguir calendário para o restante do ano, com vaga na Série D e na Copa do Brasil. Para isso, o Porco conta com reforços gringos. Ele tem quatro jogadores uruguaios no elenco: Marcelo Fernández, Bruno Suarez, Rodrigo Mieles e Luiz Casaña.
Destaques: goleiro Ney e atacante Safira.
Time-base: Ney, Marcelo Guerreiro, Glauco, Alcir e Fernando;.Amaral, Eurico, Warley e Ferraz; Safira e Getterson.
Rogério Perrô, técnico do Toledo: “Nós montamos uma equipe forte e contra o Coritiba deu para ver que estamos preparados. Mostramos força nos contra-ataques e conseguimos segurar uma boa equipe”.
* Matéria escrita por Fernando Freire, Gabriel Hamilko e Rafael Les

G1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Caminhada da Natureza no Rio das Pedras acontece neste domingo

Em ponto de bala

Grupo de aventureiros quebram recorde latino-americano de Rope-Jump em Guarapuava, Pr

Maratona de Curitiba é neste final de semana


Corrida Noturna de Revezamento terá percurso de 15,9 Km

Corrida Noturna de Revezamento terá percurso de 15,9 Km


Pelo terceiro ano consecutivo, Guarapuava é campeã paranaense no bicicross

Pelo terceiro ano consecutivo, Guarapuava é campeã paranaense no bicicross


Popó cai, levanta, vence por pontos, e se emociona em despedida do boxe

Popó cai, levanta, vence por pontos, e se emociona em despedida do boxe


Próxima edição da Caminhada da Natureza será o Circuito Rio das Pedras

Próxima edição da Caminhada da Natureza será o Circuito Rio das Pedras