Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Gigante de bebidas Codorníu transfere sede da Catalunha

Fabricante de cava atribui decisão à incerteza política e jurídica na região.


segunda-feira, 16/outubro/2017
Gigante de bebidas Codorníu transfere sede da Catalunha

A gigante espanhola Codorníu, uma das principais empresas produtoras de cava (espumante espanhol), anunciou nesta segunda-feira (16) a decisão de transferir a sua sede, de Barcelona para a região de La Rioja, citando incertezas em relação à Catalunha.

A mudança foi justificada pelo conselho de administração da Unideco, holding que controla o grupo, “diante da incerteza política e jurídica em que se encontra mergulhada a Catalunha” e “com o objetivo de garantir os interesses dos funcionários e clientes”, segundo a agência Reuters.

O grupo destacou, porém, que a a decisão não afeta a estrutura operacional de suas vinícolas.

A Codorníu segue os passos de outras empresas que tomaram de deixar a Catalunha. Nos últimos dias, mais de uma dúzia de empresas importantes da região decidiram transferir suas sedes diante da crise separatista criada por uma possível declaração de independência que criou uma das principais crises institucionais da região.

Entre as empresas que saíram da da Catalunha, estão CaixaBank, Sabadell, Gás Natural Fenosa, Grupo Editorial Planeta, Águas de Barcelona e Abertis, informa a agência EFE.

Riscos econômicos para a região

Em relatório divulgado no dia 12, a agência de classificação de riscos Standard & Poor’s (S&P) alerta para o risco de grandes impactos econômicos para a região caso a independência aconteça.

A S&P “não conta que a independência da Catalunha vá acontecer”, mas avalia que se a atual situação política e econômica continuar, a região pode ter seu crescimento severamente afetado ou até mesmo entrar em recessão.

Ainda para a S&P, o maior risco de crédito é que a tensão entre a Catalunha e o governo central provoque uma perda acentuada da confiança de empresas e consumidores e afugente potenciais negócios.

A agência acrescentou que uma Catalunha independente não teria o reconhecimento de um significativo número de governos e de nenhum dos membros da União Europeia (UE).

G1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
O MasterChef Ivo Lopes e Chef guarapuavano servem jantar exclusivo em Pato Branco

Pizza gigante com 64 pedaços faz sucesso em pizzaria ‘especialista em exagero’

Chefs de cozinha participam de feira de degustação em Foz do Iguaçu

Fim da onda do food truck leva empresários a se reinventarem


Coca-Cola lança nova bebida no Brasil

Coca-Cola lança nova bebida no Brasil


Clube da Carne promove curso de churrasco

Clube da Carne promove curso de churrasco


Bistrô Vivere Parvo, um dos melhores restaurante do litoral

Bistrô Vivere Parvo, um dos melhores restaurante do litoral


Wine.com.br comemora aniversário com  mais de 60 viagens para os fãs de vinho

Wine.com.br comemora aniversário com mais de 60 viagens para os fãs de vinho