Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Madero irá investir R$ 3,9 milhões em três restaurantes em Mato Grosso; um deles em Lucas do Rio Verde


quarta-feira, 09/dezembro/2015
Madero irá investir R$ 3,9 milhões em três restaurantes em Mato Grosso; um deles em Lucas do Rio Verde

Em 2016 o Madero irá expandir sua participação em Mato Grosso. A rede de restaurantes, que recentemente abriu no Pantanal Shopping, irá investir R$ 3,9 milhões em mais três unidades nas cidades de Rondonópolis, Sinop e Lucas do Rio Verde.

 

 

Segundo o chef Junior Durski, as unidades, que têm previsão de abertura para o primeiro semestre do ano que vem, serão na versão Madero Container. “Além dessas cidades, estamos estudando abrir nos municípios de Sorriso e Tangará da Serra. Assim como, em 2017, mais duas unidades em Cuiabá”, diz.

 

 

Junior ainda complementa que a escolha de Rondonópolis, Sinop e Lucas do Rio Verde é decorrente da localização e do agronegócio em Mato Grosso.

 

 

“A ideia do Madero Container é oferecer uma opção de alimentação sempre saudável e fresca para os viajantes e também para os moradores das cidades próximas, que muitas vezes não contam com uma alternativa gastronômica com a proposta do Madero”, explica Durski.

 

 

Durski também pontua que o Madero Container conta com um cardápio mais enxuto, oferecendo aos clientes, além do premiado Cheeseburger Madero, opções de sanduíches gourmets, exclusivos hot dogs, o cardápio fit e as famosas sobremesas.

 

 

Em Rondonópolis o Madero Container está previsto para ser aberto no Rondon Plaza Shopping, enquanto que em Sinop e Lucas do Rio Verde, no estacionamento da Havan, uma parceria existente entre o Madero e a rede de departamentos.

 

 

Fábrica

 

O Madero também acaba de inaugurar oficialmente a sua nova unidade industrial. Localizada em uma área de 27 mil metros quadrados no município de Ponta Grossa (PR), a nova fábrica tem seis mil metros quadrados de área construída e exigiu investimentos da ordem de R$ 28 milhões.

 

 

Com carnes provenientes de frigoríficos localizados em Tangará da Serra e Paranatinga, o Madero passa a ter capacidade instalada para produzir dois milhões de hambúrgueres por mês. E atender a toda demanda de até 400 restaurantes previsto no plano de expansão.

 

 

Somente a máquina de produção de hambúrgueres, uma masterformer com esteira retrátil da holandesa Marel, custou 1,2 milhão de Euros. “Levamos dois anos para desenvolver essa máquina junto com a fabricante, pois queríamos que ela reproduzisse o movimento das mãos no processamento da carne, para garantir maciez e suculência ao hambúrguer, sem comprimir a carne”, explica Durski.

 

 

Hoje, com mais de 60 restaurantes em operação no Brasil, a rede Madero produz e consome 500 mil hambúrgueres por mês. A nova fábrica está projetada para produzir quatro vezes mais em um turno. “Nosso projeto é atingir a marca de 200 restaurantes em operação até 2020”, adianta Durski. Por isso, a fábrica tem capacidade instalada para produzir mensalmente 440 toneladas de hambúrguer, 120 toneladas de carnes porcionadas e 100 toneladas de embutidos em um único turno.

Cenariomt


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Festival do Caranguejo em Shangri-lá reúne diversas atrações musicais; confira a programação

Crepe com massa de pão de queijo é sucesso nas praias do Paraná

Rabanada: confira receitas deste doce tradicional do Natal

O MasterChef Ivo Lopes e Chef guarapuavano servem jantar exclusivo em Pato Branco


Pizza gigante com 64 pedaços faz sucesso em pizzaria ‘especialista em exagero’

Pizza gigante com 64 pedaços faz sucesso em pizzaria ‘especialista em exagero’


Chefs de cozinha participam de feira de degustação em Foz do Iguaçu

Chefs de cozinha participam de feira de degustação em Foz do Iguaçu


Fim da onda do food truck leva empresários a se reinventarem

Fim da onda do food truck leva empresários a se reinventarem


Coca-Cola lança nova bebida no Brasil

Coca-Cola lança nova bebida no Brasil