Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

16 Dias de Ativismo: Guarapuava adere à campanha do Laço Branco

A campanha do Laço Branco é realizada no dia 06 de dezembro, devido a um evento ocorrido em 1989, em Montreal, no Canadá


quarta-feira, 06/dezembro/2017
16 Dias de Ativismo: Guarapuava adere à campanha do Laço Branco

Com o objetivo de conscientizar e inserir os homens no combate às situações de violência, principalmente contra a mulher, Guarapuava aderiu à Campanha Nacional do Laço Branco, como parte da programação dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência de gênero.

Nessa terça-feira (05), a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Schran, apresentou aos vereadores as ações desenvolvidas no Brasil dentro da campanha do Laço Branco. “A campanha desenvolve estratégias de comunicação e ações políticas voltadas aos homens, com ações comunitárias e distribuição de material alusivo ao Laço Branco”. A secretária também destacou que a crença nos estereótipos de gênero contribui para que a violência continue, por isso é importante incluir os homens nessa causa.

Como parte das ações da Campanha do laço Branco, nesta quarta (06), o Patronato Municipal, em parceria com a Secretaria de Políticas Publicas para as Mulheres, realizou uma blitz no Centro da cidade com a divulgação de material informativo sobre a campanha e entrega de laços brancos.

A CAMPANHA LAÇO BRANCO

A campanha do Laço Branco é realizada no dia 06 de dezembro, devido a um evento ocorrido em 1989, em Montreal, no Canadá, onde um jovem de 25 anos invadiu uma aula da Escola Politécnica, ordenou que os homens se retirassem e começou a atirar, assassinando 14 mulheres. Em seguida, cometeu suicídio e deixou uma carta justificando o ato. Ele dizia que não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente masculino.

O crime mobilizou a opinião pública de todo o país e colocou em debate as desigualdades existentes entre homens e mulheres e a violência gerada por esse desequilíbrio social. A partir disso, um grupo de homens canadenses se organizou para mostrar que existem homens que repudiam qualquer forma de violência contra as mulheres. O laço branco foi escolhido como símbolo para ampliar a discussão e conscientizar o público masculino no combate às situações de violência.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
PR-364 é oficialmente inaugurada

Seis pessoas são presas na 48ª fase da Lava Jato; sede do governo do Paraná é alvo de busca

Representante de Guarapuava se reúnem no TCE para tratar da construção do Hospital do Câncer

Bernardo Carli destaca investimentos de mais de R$ 4 milhões para reforma de escolas em Guarapuava


Mulher morre e outra fica ferida em acidente na PR-585

Mulher morre e outra fica ferida em acidente na PR-585


Litoral vai ganhar unidade do Hospital Erasto Gaertner

Litoral vai ganhar unidade do Hospital Erasto Gaertner


Ganhador que levou R$ 104 milhões na Mega-Sena retira o prêmio em Curitiba

Ganhador que levou R$ 104 milhões na Mega-Sena retira o prêmio em Curitiba


Ecocataratas comunica bloqueio na BR-277 nos próximos três dias

Ecocataratas comunica bloqueio na BR-277 nos próximos três dias