Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

16 Dias de Ativismo: Guarapuava adere à campanha do Laço Branco

A campanha do Laço Branco é realizada no dia 06 de dezembro, devido a um evento ocorrido em 1989, em Montreal, no Canadá


quarta-feira, 06/dezembro/2017
16 Dias de Ativismo: Guarapuava adere à campanha do Laço Branco

Com o objetivo de conscientizar e inserir os homens no combate às situações de violência, principalmente contra a mulher, Guarapuava aderiu à Campanha Nacional do Laço Branco, como parte da programação dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência de gênero.

Nessa terça-feira (05), a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Schran, apresentou aos vereadores as ações desenvolvidas no Brasil dentro da campanha do Laço Branco. “A campanha desenvolve estratégias de comunicação e ações políticas voltadas aos homens, com ações comunitárias e distribuição de material alusivo ao Laço Branco”. A secretária também destacou que a crença nos estereótipos de gênero contribui para que a violência continue, por isso é importante incluir os homens nessa causa.

Como parte das ações da Campanha do laço Branco, nesta quarta (06), o Patronato Municipal, em parceria com a Secretaria de Políticas Publicas para as Mulheres, realizou uma blitz no Centro da cidade com a divulgação de material informativo sobre a campanha e entrega de laços brancos.

A CAMPANHA LAÇO BRANCO

A campanha do Laço Branco é realizada no dia 06 de dezembro, devido a um evento ocorrido em 1989, em Montreal, no Canadá, onde um jovem de 25 anos invadiu uma aula da Escola Politécnica, ordenou que os homens se retirassem e começou a atirar, assassinando 14 mulheres. Em seguida, cometeu suicídio e deixou uma carta justificando o ato. Ele dizia que não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente masculino.

O crime mobilizou a opinião pública de todo o país e colocou em debate as desigualdades existentes entre homens e mulheres e a violência gerada por esse desequilíbrio social. A partir disso, um grupo de homens canadenses se organizou para mostrar que existem homens que repudiam qualquer forma de violência contra as mulheres. O laço branco foi escolhido como símbolo para ampliar a discussão e conscientizar o público masculino no combate às situações de violência.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Governo do Paraná divulga tabela de vencimento do IPVA-2018

Acidente entre Ferrari e Jetta assusta moradores no Alto da Glória

Acidente entre caminhões e ônibus deixa feridos na BR-277, em Guarapuava

Manifestantes voltam a liberar o trânsito alternadamente na região de Pinhão


Festa do Caranguejo em Paranaguá espera vender 24 mil crustáceos em cinco dias

Festa do Caranguejo em Paranaguá espera vender 24 mil crustáceos em cinco dias


Aeroporto de Ponta Grossa terá novo aporte financeiro

Aeroporto de Ponta Grossa terá novo aporte financeiro


Juiz determina desocupação imediata da Pr-170 em Pinhão

Juiz determina desocupação imediata da Pr-170 em Pinhão


Moradora de Paranaguá fatura R$ 1 milhão do prêmio especial de Natal do ‘Nota Paraná’

Moradora de Paranaguá fatura R$ 1 milhão do prêmio especial de Natal do ‘Nota Paraná’