Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

A Assembleia Legislativa devolve mais R$ 250 milhões para os paranaenses

O resultado de uma gestão administrativa que avalia com cuidado cada despesa


quarta-feira, 16/dezembro/2015
A Assembleia Legislativa devolve mais R$ 250 milhões  para os paranaenses

A lei e o orçamento permitem, mas a Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) decidiu não gastar tudo o que podia em 2015. O resultado de uma gestão administrativa que avalia com cuidado cada despesa foi que R$ 250 milhões foram economizados. Numa entrega simbólica realizada na quarta-feira (16), a direção da Assembleia – composta pelo presidente Ademar Traiano (PSDB), primeiro secretário, Plauto Miró Guimarães e segundo secretário Ademir Bier (PMDB) – repassou ao governador Beto Richa (PSDB) o valor que representa 40% de todo recurso que o poder legilativo estadual tem disponível.

Conforme estipulado na lei orçamentária, a ALEP recebeu ao longo do ano R$ 627,7 milhões, porém, como aponta o deputado Plauto, responsável pelo controle das finanças da ALEP, o repasse obrigatório feito pelo Executivo não significa que todo esse dinheiro deva ser gasto. “Ao contrário! A nossa missão aqui é zelar pelo dinheiro público e evitar desperdícios, principalmente num momento econômico tão ruim”, afirmou.

Para Plauto Miró e Ademar Traiano, o resultado alcançado também se deve à compreensão dos demais deputados. “Sem a colaboração deles nossa forma de gestão não traria tais frutos”, aponta Traiano. As medidas de contenção permitiram ainda que o Portal da Transparência da ALEP fosse modernizado, facilitando ainda mais para que a população possa ter acesso às diversas informações. O portal é considerado um dos mais completos do país.

O governador Beto Richa agradeceu o empenho dos deputados em promover a redução de gastos. “A Assembleia foi solidária com o povo paranaense” disse o governador.

Plauto destaca também a manutenção de todo o patrimônio, incluíndo a conservação da estrutura física da Assembleia. “Conseguimos criar um espaço próprio para o funcionamento das Comissões Permanentes, principlamente a de Constituição e Justiça”.

Com a devolução, o governo do Estado poderá aplicar o dinheiro em obras consideradas prioritárias, como a melhoria da estrutura urbana e viária em cidades com população menor a 50 mil habitantes. “Encerro o ano com certeza de que fizemos o melhor. E afirmo que seguiremos com a mesma meta em 2016”, finalizou Plauto.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Caminhão atropela duas crianças na calçada e invade casa em Guarapuava; menino de 4 anos morreu

PRF apreende mais de R$ 240 mil em celulares de última geração

Obra de grande porte causa desvio no trânsito por vários dias

PRF apreende armamento escondido em Palio, na BR-277


Homem contrata programa sexual, se depara com travestis e procura polícia por ‘extorsão’

Homem contrata programa sexual, se depara com travestis e procura polícia por ‘extorsão’


Pérola do Oeste doa alimentos arrecadados no natal para SOS

Pérola do Oeste doa alimentos arrecadados no natal para SOS


Homem que aplicou golpes em mercados da região é preso em Laranjeiras

Homem que aplicou golpes em mercados da região é preso em Laranjeiras


IAP alerta para proteção da restinga no Litoral do Estado

IAP alerta para proteção da restinga no Litoral do Estado