Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Concurso público é adiado no Paraná, e candidatos são avisados ao chegar para a prova

Foram ofertadas 53 vagas de nível fundamental, médio, superior e técnico, para trabalhar na Prefeitura de Quatro Barras


segunda-feira, 04/dezembro/2017
Concurso público é adiado no Paraná, e candidatos são avisados ao chegar para a prova

 Candidatos que fariam as provas de um concurso público da Prefeitura de Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), foram dispensados quando chegaram para fazer o exame, na tarde de domingo (3).

A empresa responsável, CEC Concursos e Editora Curitiba, contratada por licitação, assumiu a responsabilidade pelo adiamento, mas não disse o motivo.

A CEC informou que os candidatos foram divididos para fazer o concurso em dois turnos: pela manhã, as provas foram realizadas, já os inscritos do turno da tarde receberam a notícia do adiamento da prova, pouco antes do início.

De acordo com a Prefeitura, mais de seis mil candidatos se inscreveram para concorrer às 53 vagas disponíveis para os 35 cargos de nível fundamental, médio, técnico e superior, além de outros quatro cargos com vagas de cadastro reserva, previstos em dois editais.

Segundo o município, dos seis mil inscritos, mais de cinco mil concluíram as provas, realizadas no período matutino. A empresa informou que os candidatos que fizeram o concurso no período matutino não terão as provas canceladas e que uma nova data será definida para os inscritos da tarde.

A Prefeitura disse que aguarda uma definição da empresa responsável, e informou que vai exigir uma nova data para a realização das provas.

Reclamações

Candidatos que fizeram o concurso pela manhã reclamaram de irregularidades na aplicação das provas. Entre os problemas apontados estão a entrega de gabaritos com nomes de candidatos trocados, ausência de saquinhos para guardar aparelhos eletrônicos, que são proibidos durante a prova, entre outros.

Segundo Talissa Antunes, de 26 anos, que se inscreveu para concorrer a uma das três vagas de assistente administrativo, alguns dos fiscais saíram da sala durante a prova. Ela conta que não foi necessário apresentar documento de identificação para entrar.

Talissa afirma que se preparou para o concurso desde 2016, quando a data para a prova foi anunciada. Ela está à procura de emprego e viu, no concurso, uma oportunidade.

Outra candidata a uma das vagas de assistente administrativo, Flaviane Barcelar conta que houve atrasos para o início da prova.

“Já fiz vários concursos, inclusive outro na semana passada, e eu nunca vi o que aconteceu ali”, afirma.

A empresa responsável pelo concurso não se manifestou a respeito das reclamações.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Samu estará sem linha telefônica ativa nesta quinta-feira

Aeroporto Internacional Afonso Pena inicia voo direto para Assunção, no Paraguai

Boletim de qualidade da água será divulgado a partir do dia 22

Câmara de Guarapuava devolve saldo de recursos nesta sexta-feira (15)


Ladrões furtam e estragam equipamentos do aeroporto de Guarapuava

Ladrões furtam e estragam equipamentos do aeroporto de Guarapuava


Segunda parcela do 13º Salário será antecipada para esta sexta-feira

Segunda parcela do 13º Salário será antecipada para esta sexta-feira


Receita intensifica blitze contra inadimplência de IPVA

Receita intensifica blitze contra inadimplência de IPVA


Motorista brasileiro que for para a Argentina e Paraguai precisa do Carta-Verde

Motorista brasileiro que for para a Argentina e Paraguai precisa do Carta-Verde