Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Estado confirma mais 400 moradias em três municípios

Assis Chateaubriand terá dois empreendimentos de 100 unidades cada um. Em Guarapuava e em Marechal Cândido Rondon serão construídas 200 unidades - 100 em cada cidade.


terça-feira, 05/dezembro/2017
Estado confirma mais 400 moradias em três municípios

O governo do Paraná confirmou mais 400 novas moradias para famílias de Assis Chateaubriand, Marechal Cândido Rondon e Guarapuava. Os termos de adesão ao programa Morar Bem Paraná foram assinados pelo governador Beto Richa e os prefeitos das cidades nesta terça-feira (05), no Palácio Iguaçu, em Curitiba. Os projetos somam cerca de R$ 29 milhões, em recursos federais, estaduais e municipais, por meio do programa Minha Casa Minha Vida.

Na solenidade, com a presença do presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, e do superintendente nacional da Caixa Econômica Federal, Elcio Lara, o governador ressaltou o impacto que os projetos na área habitacional têm para as famílias atendidas e também para os municípios. Além de mais segurança e conforto às pessoas, disse ele, as obras criam empregos para a população local. “Por isso, priorizamos a moradia popular, tanto que nos últimos anos fizemos a maior revolução habitacional da história do Paraná, com mais de 100 mil famílias atendidas, que realizam o sonho da casa própria”, afirmou. O governador também destacou a importância das parcerias para garantir esses resultados.

SUBSÍDIOS – Nos três municípios, os projetos são destinados a famílias com renda de até R$ 1.800 ao mês. Com os incentivos do poder público, elas pagarão prestações mensais que variam de R$ 80 a R$ 270 durante dez anos, financiados pela Caixa Econômica Federal.

Assis Chateaubriand terá dois empreendimentos de 100 unidades cada um. Em Guarapuava e em Marechal Cândido Rondon serão construídas 200 unidades – 100 em cada cidade. Os prefeitos ressaltaram a importância da parceria entre o poder público para atender a demanda da população.

Em Assis Chateaubriand, a construção das moradias injetará mais de R$ 14 milhões na economia do município, segundo o prefeito Marcel Micheletto, que é presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP). “Isso faz com que possamos dar melhor condição de vida às pessoas, um lugar melhor pra se viver, gerando emprego e renda”, disse ele.

O prefeito de Guarapuava, César Silvestre, explicou que o novo empreendimento, de R$ 8 milhões, vai atender famílias distrito de Palmeirinha, que precisa de investimentos nesta área. “É um projeto com infraestrutura completa, que traz segurança e transforma a vida das pessoas”, afirmou. De acordo com o prefeito de Marechal Cândido Rondon, Márcio Rauber, o investimento é importante para a sua cidade, que registra deficit habitacional. “A parceria nos ajuda a realizar o sonho das famílias”, disse Rauber.

DIFERENCIAL – Pelo convênio firmado, o governo estadual subsidiará a instalação de energia elétrica, abastecimento de água e esgotamento sanitário dos conjuntos habitacionais, por meio de parcerias com a Copel e a Sanepar. O termo também prevê a prestação de assessoria técnica da Cohapar durante todas as etapas de construção, até a entrega das chaves aos futuros moradores.

Pelas regras do Ministério das Cidades, responsável pela seleção de novos projetos do Minha Casa Minha Vida, os empreendimentos que contam com contrapartidas estaduais e municipais têm prioridade de escolha.

As ações da Cohapar e a instalação subsidiada de energia e saneamento fizeram com que o Paraná fosse o segundo estado a receber mais unidades nesta etapa de seleção. Ao todo, 29 municípios paranaenses receberão R$246 milhões de investimentos para a construção de 3.331 casas nesta etapa.

Para o superintende nacional da Caixa Econômica Federal, Elcio Lara, essa quantidade de projetos demonstra a boa parceria com o governo do estado. “A forte parceria da Cohapar com as prefeituras faz com que o Paraná realmente se destaque no número de unidades assinadas e entregues”.

“Graças à prioridade dada pelo governador à agenda da habitação, conseguimos unir esforços para poder atender as pessoas que mais precisam”, disse o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion. “Essa política fez com que o Paraná fosse o segundo estado a receber mais unidades, atrás apenas de São Paulo”, afirmou.

PRESENÇAS – Estiveram presentes na solenidade a secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; os deputados estaduais, Ademar Traiano, Elio Rusch, Pedro Lupion, José Carlos Schiavinato e Dr. Baptista; os superintendentes regionais da Caixa Econômica de Ponta Grossa, Adriano Borges Resende e Arielson Bitencourt; o prefeito de Jaguariaíva, Juca Sloboda; o diretor da construtora Piacentini, Namir Piacentini.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Samu estará sem linha telefônica ativa nesta quinta-feira

Aeroporto Internacional Afonso Pena inicia voo direto para Assunção, no Paraguai

Boletim de qualidade da água será divulgado a partir do dia 22

Câmara de Guarapuava devolve saldo de recursos nesta sexta-feira (15)


Ladrões furtam e estragam equipamentos do aeroporto de Guarapuava

Ladrões furtam e estragam equipamentos do aeroporto de Guarapuava


Segunda parcela do 13º Salário será antecipada para esta sexta-feira

Segunda parcela do 13º Salário será antecipada para esta sexta-feira


Receita intensifica blitze contra inadimplência de IPVA

Receita intensifica blitze contra inadimplência de IPVA


Motorista brasileiro que for para a Argentina e Paraguai precisa do Carta-Verde

Motorista brasileiro que for para a Argentina e Paraguai precisa do Carta-Verde