Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Fenômeno ‘El Niño’ trará chuvas fortes ao Paraná nos próximos três meses

O diretor do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres do Paraná afirmou que o Estado precisa se preparar para minimizar os desastres naturais.


sexta-feira, 22/janeiro/2016
Fenômeno ‘El Niño’ trará chuvas fortes ao Paraná nos próximos três meses

O fenômeno El Niño, que vem sendo chamado de “El Monstro” pelos especialistas devido a sua força, vai continuar influenciando o clima no país pelos próximos três meses e vai aumentar o volume de chuvas no sul do Brasil, trazendo chuvas fortes ao Paraná, de acordo com a previsão do Grupo de Trabalho em Previsão Climática Sazonal do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.  Também estão previstas temperaturas mais altas que a média histórica em todo o país.

“Estamos vivendo um El Niño muito intenso. Os seus efeitos são a diminuição da precipitação em grande parte do Brasil e muitas chuvas no Sul”, resumiu o pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCTI), Paulo Nobre.

Para o diretor do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres do Paraná (Ceped/PR), capitão Eduardo Gomes Pinheiro, o fenômeno exige uma preparação maior do Estado e dos municípios para minimizar os efeitos das fortes chuvas previstas.

O Paraná tem um plano de contingência que mapeiam as áreas de atenção e incluem informações sobre abrigos e demais recursos para atendimento da população.

El Niño começou no segundo semestre do ano passado e é um dos mais intensos desde 1997, afirma Gilvan Peixoto, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e membro do GT de Previsão Climática do ministério.

O fenômeno é causado pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico, que modifica a situação da atmosfera e ocasiona as mudanças no clima. “Neste ano, ele se configurou em um evento realmente muito forte e deve influenciar o clima do Brasil e de todo o globo ao longo do primeiro semestre de 2016”, ressalta o pesquisador.

De acordo com a previsão do Instituto Meteorológico Simepar as chuvas devem chegar ao Paraná na próxima segunda-feira (25), atingindo as praias, o litoral, o norte-pioneiro e os campos gerais. Na terça-feira (26) a chuva deve se estender para toda a região norte do estado.

As tempestades e enxurradas que atingiram o Paraná entre os dias 9 e 12 de janeiro afetaram 203.290 pessoas em 59 municípios do estado. No momento, 1.877 pessoas permanecem desalojadas, 96 desabrigadas, o motorista de um ônibus carregado pela enxurrada desapareceu em Rolândia, no norte do estado e seis pessoas ficaram feridas. 25 municípios estão em estado de emergência e dois em estado de calamidade pública.

ParanaPortal


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Secretário municipal e mais duas pessoas são presas em operação do Gaeco no Litoral

Ponte do Rio Jordão será interditada para continuidade da obra de duplicação

Ambulantes recebem atendimento da Saúde para trabalhar na temporada 2017/2018

Briga de casal termina com apreensão de submetralhadora em Arapoti


Acidente entre carro e caminhão deixa dois mortos na BR-277

Acidente entre carro e caminhão deixa dois mortos na BR-277


Prefeitura realiza mutirão de limpeza e manutenção na cidade

Prefeitura realiza mutirão de limpeza e manutenção na cidade


Polícia prende dupla com 21 cédulas falsas de R$ 100 em Turvo

Polícia prende dupla com 21 cédulas falsas de R$ 100 em Turvo


Bacharelado em Educação Física é o oitavo melhor do sul do país, entre 92 ofertas

Bacharelado em Educação Física é o oitavo melhor do sul do país, entre 92 ofertas