Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Ferroeste realiza consulta pública sobre ferrovia em Guarapuava

Para o presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin Araujo, é fundamental que haja mais ferrovias para assegurar o desenvolvimento de uma região que produz muito.


quinta-feira, 05/outubro/2017
Ferroeste realiza consulta pública sobre ferrovia em Guarapuava

Hoje, quinta-feira (4), foi realizada no auditório da Acig, uma consulta pública sobre a nova ferrovia entre Dourados, no Mato Grosso do Sul, até Paranaguá, que passará por Guarapuava. A organização do evento foi da empresa Ferroeste. “Essa é uma ferrovia que mudaria a realidade de toda a região. Temos uma grande produção que é transportada quase que em sua totalidade por rodovias, encarecendo o transporte e o valor dos produtos. Se viabilizada, a ferrovia será um novo eixo de desenvolvimento para todo o Paraná”, destacou o prefeito Cesar Silvestri Filho.

O Paraná hoje é um dos maiores produtores de soja e milho, carde de frango e carne suína do país, e a deficiência em infraestrutura das ferrovias prejudica, em especial, as regiões oeste e centro-oeste do Estado. “O Governo do Paraná é parceiro dessa iniciativa porque compreende a necessidade de uma ferrovia para aumentar sua competitividade. A demanda é urgente é fundamental para os paranaenses”, ressaltou a Deputada Estadual Cristina Silvestri.

Para o presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin Araujo, é fundamental que haja mais ferrovias para assegurar o desenvolvimento de uma região que produz muito. “O trem é a melhor alternativa para reduzir custos e tornar o produto brasileiro mais competitivo no mercado internacional”, afirmou.

Hoje há uma ferrovia que liga Guarapuava a Paranaguá, porém existem gargalos que a tornam incapaz de transportar o volume de produção do agronegócio produzido nas regiões oeste, centro-oeste e sudoeste do Estado do Paraná e também do Mato Grosso do Sul. “Uma nova ferrovia, mais moderna e eficiente, justifica os investimentos. Lutamos pelo aumento da nossa capacidade competitiva, aumento da renda do produtor e uma logística eficiente que fortaleça os interesses da nossa economia. Precisamos que este projeto seja uma realidade”, completou o prefeito.

Empresários, autoridades da sociedade civil organizada, secretários municipais e imprensa também acompanharam o evento nesta tarde. As discussões para viabilidade da nova ferrovia serão realizadas também nos municípios de Cascavel, Curitiba e Dourados.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Samu estará sem linha telefônica ativa nesta quinta-feira

Aeroporto Internacional Afonso Pena inicia voo direto para Assunção, no Paraguai

Boletim de qualidade da água será divulgado a partir do dia 22

Câmara de Guarapuava devolve saldo de recursos nesta sexta-feira (15)


Ladrões furtam e estragam equipamentos do aeroporto de Guarapuava

Ladrões furtam e estragam equipamentos do aeroporto de Guarapuava


Segunda parcela do 13º Salário será antecipada para esta sexta-feira

Segunda parcela do 13º Salário será antecipada para esta sexta-feira


Receita intensifica blitze contra inadimplência de IPVA

Receita intensifica blitze contra inadimplência de IPVA


Motorista brasileiro que for para a Argentina e Paraguai precisa do Carta-Verde

Motorista brasileiro que for para a Argentina e Paraguai precisa do Carta-Verde