Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Governo garante instalação do Hospital Sírio-Libanês do Paraná


terça-feira, 15/janeiro/2013
Governo garante instalação do Hospital Sírio-Libanês do Paraná

O governador Beto Richa firmou nesta terça-feira (15/01), no Palácio Iguaçu, convênio que permitirá a construção e instalação do Hospital Sírio-Libanês do Paraná (Saben), em Curitiba. O hospital filantrópico – sem fins lucrativos – é mantido pela Sociedade Árabe de Beneficência do Paraná e contará com 220 leitos hospitalares com atendimento para usuário do Sistema Único de Saúde (SUS).

A construção do empreendimento tem início no primeiro semestre deste ano e inicia o atendimento em 2016. A primeira fase do projeto contempla a construção de uma unidade hospitalar, um centro de ensino e pesquisa com foco na capacitação profissional e um centro de diagnóstico e terapias ambulatoriais. O Sírio-Libanês do Paraná realizará atendimentos em cardiologia, ortopedia, neurocirurgia, oncologia, cirurgia bariátrica, entre outras.

“É uma importante conquista para todo o Estado que ganha mais um estabelecimento de referência em atendimento na área da saúde. Este projeto demonstra a perseverança e a determinação da comunidade árabe do Paraná que persegue este objetivo há mais de 20 anos”, afirmou Richa.

Na solenidade, o governador assinou o termo de cessão de uso de imóvel do Estado, um terreno de 10 mil metros quadrados, situado no bairro Vila Izabel, na Rua Tamoios. A autorização tem validade de 50 anos, que podem ser prorrogados, de acordo com a Lei Estadual nº 17.462 de 02/01/2013. “O governo celebra importantes parcerias com instituições e entidades para garantir uma melhor qualidade de vida para toda a população”, disse o governador.

O presidente da Sociedade Árabe de Beneficência do Paraná, Rached Hajar Traya, disse que o ato da doação do terreno pelo Estado consolida um projeto iniciado em 1993. “Este hospital representa a retribuição da comunidade árabe ao povo paranaense, que aqui acolheu os nossos imigrantes”, destacou. Segundo ele, nas fases seguintes do projeto serão implantados serviços de atendimento de urgência e emergência e parcerias operacionais com outras instituições, como o hospital Sírio-Libanês de São Paulo e o Hospital do Coração de São Paulo.

O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, afirmou que a nova unidade preencherá lacunas do sistema de saúde em diversas áreas. “É um hospital que se integrará ao sistema de saúde do Estado permitindo o acesso de serviços de qualidade a todos os paranaenses”. Ele destacou que poderão ser contratados serviços com o hospital, por meio do Hospsus, programa de apoio aos hospitais públicos e filantrópicos do SUS do Paraná.

O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador Paulo Salamuni, afirmou que há outras possibilidades de fonte de recursos, como captação por parte dos países árabes, parceiros e por meio de emendas parlamentares.

CERTIFICADO – Durante a cerimônia, Richa e o presidente da Câmara Municipal de Curitiba entregaram ao presidente da Sociedade Árabe de Beneficência do Paraná, Rached Hajar Traya, o certificado de revalidação a lei que concede a entidade como Utilidade Pública Municipal.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Sem seguro, polícia recupera Land Rover de R$ 140 mil e faz alegria de curitibano

Prefeitura traz palestra com Marcos Meier para encontro dos servidores da Educação

Aberto o concurso de Decoração Natalina: Natal Luz em Guaratuba

Campus Santa Cruz desenvolve ações no Novembro Azul


Encapuzados invadem casa e matam empresária; namorado foi poupado

Encapuzados invadem casa e matam empresária; namorado foi poupado


Guaratuba recebe do governo área do futuro Parque de Eventos

Guaratuba recebe do governo área do futuro Parque de Eventos


Guaratuba tem serviço de alerta de tempestades por SMS

Guaratuba tem serviço de alerta de tempestades por SMS


Comitê gestor apresenta projeto para instalação da radioterapia na unidade II do Hospital São Vicente

Comitê gestor apresenta projeto para instalação da radioterapia na unidade II do Hospital São Vicente