Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Investimentos em aeroportos regionais chegam a R$ 38 milhões

Além de Pato Branco e Umuarama, também pretendemos viabilizar recursos para a adequação do aeroporto de Guarapuava”, destaca o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.


sexta-feira, 22/setembro/2017
Investimentos em aeroportos regionais chegam a R$ 38 milhões

Os aeroportos regionais paranaenses receberam, desde 2011, R$ 38 milhões em recursos para a contratação de estudos e obras de infraestrutura e aumento de capacidade. Os valores consideram investimentos já consolidados ou em andamento, viabilizados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística.

Entre as ações em tramitação neste segundo semestre estão as licitações para as obras de reforma dos aeroportos de Pato Branco e Umuarama. Em ambos serão feitas melhorias na pista e nos terminais de embarque e desembarque de passageiros para atender padrões técnicos exigidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
“Estamos intensificando nossas ações para ampliar a oferta de voos comerciais e atender toda população paranaense com mais conforto e agilidade. Além de Pato Branco e Umuarama, também pretendemos viabilizar recursos para a adequação do aeroporto de Guarapuava”, destaca o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.
Os aeroportos de Castro, Maringá, Toledo, Londrina, Cascavel e Ponta Grossa foram contemplados em anos anteriores.

Todas as ações são resultado do Plano Aeroviário do Estado, levantamento técnico da Secretaria de Infraestrutura e Logística em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu). O plano apresenta um panorama dos aeroportos e aeródromos públicos e as adequações necessárias para a operação e o desenvolvimento regional nos próximos 20 anos.

OPERAÇÃO – O Plano Aeroviário facilita o diálogo do poder público com as companhias aéreas. Foi o que ocorreu em 2016, quando o Governo do Estado e a Azul Linhas Aéreas assinaram um protocolo de intenções para a implantação do transporte aéreo regular em cidades ainda não atendidas pelo serviço. Pelo acordo, a empresa receberá incentivos do governo estadual para a operação. A cada novo aeroporto atendido o ICMS sobre o combustível é reduzido.
O primeiro município contemplado foi Ponta Grossa que passou a contar com voos diários e conexão direta com o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). A medida beneficiou cerca de 735 mil habitantes dos 14 municípios da região.

“Ponta Grossa passou a receber voos comerciais em função dos estudos técnicos que elaboramos. O aeroporto recebeu recursos que somam R$ 14 milhões por meio de repasses do município e dos governos Estadual e Federal. A soma de esforços dos gestores públicos e o apoio de classes empresariais têm sido fundamentais para viabilizar esses investimentos”, acrescenta Richa Filho.

A intenção do protocolo é que os municípios de Umuarama, Pato Branco e Guarapuava também sejam atendidos futuramente pela companhia.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Encapuzados invadem casa e matam empresária; namorado foi poupado

Guaratuba recebe do governo área do futuro Parque de Eventos

Guaratuba tem serviço de alerta de tempestades por SMS

Comitê gestor apresenta projeto para instalação da radioterapia na unidade II do Hospital São Vicente


Curso sobre Compras Governamentais está com inscrições abertas

Curso sobre Compras Governamentais está com inscrições abertas


Agentes realizam serviços socioambientais na região de Guarapuava

Agentes realizam serviços socioambientais na região de Guarapuava


Buraco na pista fecha aeroporto de Foz e atrasa voos

Buraco na pista fecha aeroporto de Foz e atrasa voos


Governo chama mais 100 servidores concursados para Saúde

Governo chama mais 100 servidores concursados para Saúde