Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Parques Estaduais se preparam para receber o público na temporada

Nesta temporada de verão elas vão atender o público em horários diferenciados


domingo, 27/dezembro/2015
Parques Estaduais se preparam para receber o público na temporada

As Unidades de Conservação administradas pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) são uma boa opção de lazer também no período de férias. Nesta temporada de verão elas vão atender o público em horários diferenciados e promover atividades especiais com o objetivo de incentivar a educação ambiental e proporcionar uma interação dos visitantes com o meio ambiente.

Os locais que integram as atividades do Verão Paraná na temporada 2015/2016 são o Parque Estadual do Rio da Onça (Matinhos), Floresta Estadual do Palmito (Paranaguá), Parque Estadual do Marumbi (Morretes), Parque Estadual do Guartelá (Tibagi), Parque Estadual Ilha do Mel e Parque Estadual Borda do Campo (Quatro Barras).

A escolha dos parques é feita de acordo com o número de visitantes registrado nas temporadas anteriores – foram 60 mil na temporada passada. O efetivo de servidores é reforçado para atender o público.

A expectativa é que todas as Unidades de Conservação recebam visitantes nesse período, independente de fazerem parte do Verão Paraná. “Além dos parques do Litoral, há outras boas opções de lazer para as férias, como o Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, que sempre recebem muitas visitas nesse período”, explicou o coordenador do Verão Paraná do IAP, Doraci Ramos de Oliveira.

(BOX 1)

Conheça as Unidades de Conservação do Estado

Parque Estadual Pico do Marumbi – É a maior unidade de conservação aberta ao público no Paraná. Em função da proteção da Floresta Atlântica, o parque foi considerado patrimônio da humanidade e reserva da biosfera pela Unesco.

Os visitantes também podem acampar no local mediante reserva. O uso do camping é gratuito e basta fazer um cadastro indicando a finalidade e o tempo estimado de permanência. Os interessados podem entrar em conto pelo telefone (41) 3462-3598.

O Parque Estadual Pico do Marumbi funciona de quarta-feira a segunda-feira, das 8h30 às 18h. O mesmo horário é válido para os feriados.

Floresta Estadual do Palmito – Os visitantes podem aproveitar diversas trilhas, como a Trilha do Jacu, a Trilha Neuton e Trilha Interpretativa, na qual podem observar a vegetação da Floresta Atlântica, composta por várias espécies de árvores de grande porte. O parque também possui uma estrada com 6,5 mil metros de extensão que passa pelo interior da Unidade de Conservação, chegando até o Rio dos Correias.

A visitação é feita somente por grupos organizados e pré-agendados, de segunda-feira a sábado, das 8h às 17h.

Ilha do Mel – Para aqueles que preferem o Litoral, a Ilha do Mel, que fica na entrada da Baía de Paranaguá, é uma boa opção. Além de espaço turístico, a Ilha é um território ambientalmente protegido, característica que assegura a manutenção da biodiversidade e ainda ajuda a preservar as paisagens naturais do local.

O acesso à Ilha é feito nos Terminais de Embarque em Pontal do Sul e Paranaguá, com travessias das 7h às 19h. O limite diário é de 5 mil pessoas.

Parque Estadual Rio da Onça – Também localizado no Litoral, em Matinhos, a Unidade de Conservação gerenciada pelo IAP tem como principais atrativos as trilhas, as pontes elevadas e o mirante, de onde é possível observar a formação das copas das árvores. O local funciona de terça-feira a domingo, e também nos feriados, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Durante o verão, o horário de funcionamento é de terça-feira a domingo, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18h00. Nos feriados, é preciso agendar os passeios com antecedência.

Parque Estadual de Vila Velha – Tombado em 1.966 pelo Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, o Parque conta com diversos atrativos em sua área de cerca de 3 mil hectares. Entre eles destacam-se os arenitos, as furnas e a Lagoa Dourada. Esculpidos pela ação dos ventos e das chuvas, gigantescos arenitos se sobressaem na paisagem, com formatos que lembram figuras como índio, noiva, garrafa, bota e a famosa taça.

As Furnas são caracterizadas como crateras areníticas circulares de grande diâmetro e paredes verticais de até 100 metros de profundidade. Outra opção para os visitantes é a Lagoa Dourada, um importante local para a reprodução de peixes como a traíra, o bagre e a tubarana.

O Parque conta com estruturas para a recepção, orientação e deslocamento dos visitantes até as trilhas e atrativos. As visitas são ordenadas e monitoradas por funcionários. O Parque funciona de quarta a segunda-feira, e também nos feriados, das 08h30 às 15h30.

Parque Estadual do Guartelá – Com várias opções de lazer para a família, o Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi, tem como principal atrativo o Canyon do Rio Iapó, o sexto maior do planeta em extensão. Há também duas trilhas que podem ser percorridas pelos visitantes. Nelas é possível observar patrimônios pré-históricos, como cavernas e pinturas rupestres, e aproveitar as cachoeiras.

A Trilha Básica tem um percurso de aproximadamente 5 mil metros de extensão e dá acesso ao Mirante do Canyon do Guartelá, à cachoeira Ponte de Pedra e aos panelões do Arroio Pedregulho – único local em que o banho é permitido.

A Trilha das Pinturas Rupestres pode ser feita somente com a presença de um guia de turismo autorizado pelo parque, com um limite de 40 visitantes por dia. No percurso de 7,5 mil metros é possível observar as pinturas rupestres com cerca de 7 mil anos, no Sítio Arqueológico.

O local funciona nos feriados e de quarta-feira a domingo, das 8h às 16h30.

A entrada é gratuita em todas as Unidades de Conservação sob a responsabilidade do Instituto Ambiental do Paraná.

NORMAS – Todos os parques estaduais têm normas de visitação que devem ser respeitadas para garantir a preservação do meio ambiente. Os cuidados ajudam a manter os locais preservados e contribuem para que não haja interferência na cadeia alimentar da fauna local.

As medidas incluem o descarte correto do lixo, não levar animais domésticos, não pisar na vegetação, não fazer churrascos nos parques. O descumprimento das normas pode acarretar notificações e multas.

Antes de visitar uma das unidades de conservação estaduais verifique se há atendimento do IAP ao público no dia e no horário pretendidos. Para mais informações acesse o site www.iap.pr.gov.br.

Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em:  http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Prefeitura de Ponta Grossa oferece 1,2 mil vagas em cursos profissionalizantes pelo Pronatec

Quase 500 toneladas de lixo são retiradas das praias do Paraná em um mês

Denúncia de maus tratos e abandono de animais pode ser feita pelo Portal da Prefeitura de Guaratuba

Suspeitos de tráfico de drogas são detidos em Guaratuba, no litoral do Paraná


Bernardo cumpre agenda em Guarapuava e região tratando de investimentos na Educação

Bernardo cumpre agenda em Guarapuava e região tratando de investimentos na Educação


Trem é atingido por deslizamento de terra na ligação entre Curitiba e o litoral do Paraná

Trem é atingido por deslizamento de terra na ligação entre Curitiba e o litoral do Paraná


Motorista que matou criança e invadiu casa em Guarapuava não tem CNH, diz PM

Motorista que matou criança e invadiu casa em Guarapuava não tem CNH, diz PM


Caminhão atropela duas crianças na calçada e invade casa em Guarapuava; menino de 4 anos morreu

Caminhão atropela duas crianças na calçada e invade casa em Guarapuava; menino de 4 anos morreu