Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Preso é encontrado morto na Delegacia de Guarapuava; é o segundo, em duas semanas

Corpo vai passar por exames no Instituto Médico-Legal (IML) para investigar a causa da morte, já que não foram encontrados sinais de violência.


domingo, 30/julho/2017
Preso é encontrado morto na Delegacia de Guarapuava; é o segundo, em duas semanas

Um preso de 21 anos foi encontrado morto na cadeia anexa à Delegacia de Guarapuava, na região central do Paraná, na madrugada deste domingo (30). É a segunda morte de um detento no local em menos de duas semanas.

Segundo a polícia, um inquérito por homicídio vai ser aberto. O corpo vai passar por exames no Instituto Médico-Legal (IML) para investigar a causa da morte, já que não foram encontrados sinais de violência. Ele estava preso por estupro.

Na madrugada do dia 16 de julho, também um domingo, outro preso, de 22 anos, foi encontrado morto com uma corda no pescoço em uma das celas.

Ele havia sido detido em maio deste ano e respondia por um estupro no Parque do Lago. Neste caso, a Polícia Civil também instaurou inquérito por homicídio, ainda não concluído.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Guaratuba recebe do governo área do futuro Parque de Eventos

Guaratuba tem serviço de alerta de tempestades por SMS

Comitê gestor apresenta projeto para instalação da radioterapia na unidade II do Hospital São Vicente

Curso sobre Compras Governamentais está com inscrições abertas


Agentes realizam serviços socioambientais na região de Guarapuava

Agentes realizam serviços socioambientais na região de Guarapuava


Buraco na pista fecha aeroporto de Foz e atrasa voos

Buraco na pista fecha aeroporto de Foz e atrasa voos


Governo chama mais 100 servidores concursados para Saúde

Governo chama mais 100 servidores concursados para Saúde


Secretário municipal e mais duas pessoas são presas em operação do Gaeco no Litoral

Secretário municipal e mais duas pessoas são presas em operação do Gaeco no Litoral