Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Produções para o 2º Prêmio SESCAP-PR de Jornalismo encerram em 31 de dezembro

Concurso premiará reportagens que abordem o uso da internet no ambiente corporativo


segunda-feira, 14/dezembro/2015
Produções para o 2º Prêmio SESCAP-PR de Jornalismo encerram em 31 de dezembro

Jornalistas paranaenses que desejam inscrever-se na 2ª edição do Prêmio SESCAP-PR de Jornalismo têm até o dia 31 de dezembro de 2015 para produzir os materiais. As reportagens deverão ser pautadas pela temática “O uso inteligente da internet no ambiente corporativo”, destacando cases de vanguarda e tendências para o universo empresarial como a mobilidade no ambiente corporativo; o uso das redes sociais e corporativas; a economia e sustentabilidade geradas pela rede, dentre outros. Já as inscrições podem ser feitas até o dia 1º de fevereiro de 2016.
Poderão concorrer reportagens veiculadas na imprensa paranaense no período de 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2015, produzidas por jornalistas profissionais, em três categorias: Reportagem Impressa, Rádio e Televisão. As inscrições encerram-se dia 1º de fevereiro de 2016.
Prêmios
Serão distribuídos R$ 27 mil em prêmios, sendo que o primeiro lugar em cada modalidade receberá R$ 5 mil, o segundo colocado R$ 3 mil e o terceiro receberá R$ 1 mil. Os trabalhos serão analisados por uma comissão julgadora formada por representantes do SESCAP-PR e do Sindijor. A premiação ocorrerá durante o 3º Enescopar – Encontro das Empresas de Serviços do Paraná, evento promovido pelo SESCAP-PR, em Curitiba.
Regulamento
As inscrições devem ser realizadas pelo site www.sescap-pr.org.br/premiodejornalismo, onde é possível acessar a íntegra do regulamento e obter mais informações.
Vencedores da 1ª edição
A Gazeta do Povo foi a grande campeã da 1ª edição do Prêmio SESCAP-PR de Jornalismo, realizada em 2013 e entregue em 2014. A jornalista Katia Brembatti conquistou os três primeiros lugares na categoria Reportagem Impressa. Os vencedores da categoria Rádio foram: Edson Honaiser, da Rádio Celinauta (Pato Branco) e Edna Nunes da Silva, da Rádio Nova Integração (Toledo). Na categoria Televisão, Deborah Cristina de Lima Evangelista, da CATVE (Cascavel), foi a primeira colocada; Ari Ignácio de Lima, da TV Sudoeste (Pato Branco) ficou em segundo lugar e Gislene Maria Bastos, da RICTV Record (Curitiba) ficou com a terceira colocação.

Sobre o SESCAP-PR
O SESCAP-PR – Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná representa mais de 35 mil empresas de serviços no Estado. Possui sede em Curitiba e nove escritórios regionais, que atendem aos 332 municípios que compõem sua base territorial. Disponibiliza uma série de serviços aos seus associados e representados, como certificação digital, programas de formação, cursos, palestras e workshops, assessoria jurídica, além de convênios e parcerias com empresas de diferentes segmentos. Acesse: www.sescap-pr.org.br

O quê: II Prêmio SESCAP-PR de Jornalismo
Premiação: R$ 27.000,00
Período da publicação: 1º de Janeiro/15 a 31 de Dezembro/2015
Inscrições: www.sescap-pr.org.br/premiodejornalismo/


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Bernardo cumpre agenda em Guarapuava e região tratando de investimentos na Educação

Trem é atingido por deslizamento de terra na ligação entre Curitiba e o litoral do Paraná

Motorista que matou criança e invadiu casa em Guarapuava não tem CNH, diz PM

Caminhão atropela duas crianças na calçada e invade casa em Guarapuava; menino de 4 anos morreu


PRF apreende mais de R$ 240 mil em celulares de última geração

PRF apreende mais de R$ 240 mil em celulares de última geração


Obra de grande porte causa desvio no trânsito por vários dias

Obra de grande porte causa desvio no trânsito por vários dias


PRF apreende armamento escondido em Palio, na BR-277

PRF apreende armamento escondido em Palio, na BR-277


Homem contrata programa sexual, se depara com travestis e procura polícia por ‘extorsão’

Homem contrata programa sexual, se depara com travestis e procura polícia por ‘extorsão’