Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

REFIS 2017 é alternativa para contribuintes em débito

Na dívida ativa, Irati tem a receber R$ 7.329.390,54, em valor principal onde não são mensurados os acréscimos.


quinta-feira, 02/março/2017
REFIS 2017 é alternativa para contribuintes em débito

Desde o dia 1º de março está em funcionamento o Programa de Recuperação Fiscal da Prefeitura de Irati, o REFIS 2017. Criado através da lei municipal 4248/2017, o programa é uma alternativa para que contribuintes que estejam em débito com o município tenham oportunidade de quitar seus tributos, com descontos que vão de 50% a 90% sobre juros e multas.

Pagamentos à vista terão 90% de desconto sobre os juros e multa. Pagamentos em duas parcelas mensais e consecutivas ganham 70% de desconto sobre os juros e multas, e pagamentos em três parcelas mensais e consecutivas terão desconto de 50% nos mesmo quesitos.

Estão enquadrados no REFIS débitos em dívida ativa, vencidos até 31 de dezembro de 2016. Para adesão ao programa é necessário o pagamento da primeira parcela no ato da adesão.

O compromisso com o desenvolvimento de Irati é de todos nós. Pagando os tributos, estamos contribuindo para a realização de ações que vão melhorar a vida de nossos cidadãos e reverterão em crescimento do município, dando condições para que a prefeitura invista em obras, saúde, educação e área social.

Informe-se sobre a melhor maneira de ficar em dia com os encargos municipais e como aderir ao REFIS através dos telefones 3907 3027, 3907 3331 e 3907 3028.

Irati tem mais de R$ 10 milhões em débitos a receber; com acréscimos total ultrapassa R$ 24 milhões

Somando-se os débitos em dívida ativa e em juízo, a Prefeitura de Irati tem a receber R$ 10.180.018,00. Se em todos os casos de encargos em atraso para com o município fossem computados os valores de juros, multa e correção, o montante mais que dobraria: R$ 24.532.278,05.

Na dívida ativa, Irati tem a receber R$ 7.329.390,54, em valor principal onde não são mensurados os acréscimos. No caso dos débitos cuja situação legal está em juízo, o total principal é de R$ 2.850.628,06.

Em ambos os casos, os impostos que verificam maior incidência de inadimplência são IPTU e ISS. Mas há débitos a receber também em ITBI, Contribuição de Melhorias, taxas, COSIP e outras receitas não tributáveis.

A Auditora Fiscal da Prefeitura de Irati, Ana Maria Borges, explica que, “obrigatoriamente, 15% de tudo que for arrecadado pelo REFIS vai para a saúde e 25% para educação”. O restante pode ser empregado em qualquer outra frente que o município assuma. Para o prefeito Jorge Derbli “o objetivo será quitar dívidas e buscar concluir obras inacabadas no município”.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Secretário municipal e mais duas pessoas são presas em operação do Gaeco no Litoral

Ponte do Rio Jordão será interditada para continuidade da obra de duplicação

Ambulantes recebem atendimento da Saúde para trabalhar na temporada 2017/2018

Briga de casal termina com apreensão de submetralhadora em Arapoti


Acidente entre carro e caminhão deixa dois mortos na BR-277

Acidente entre carro e caminhão deixa dois mortos na BR-277


Prefeitura realiza mutirão de limpeza e manutenção na cidade

Prefeitura realiza mutirão de limpeza e manutenção na cidade


Polícia prende dupla com 21 cédulas falsas de R$ 100 em Turvo

Polícia prende dupla com 21 cédulas falsas de R$ 100 em Turvo


Bacharelado em Educação Física é o oitavo melhor do sul do país, entre 92 ofertas

Bacharelado em Educação Física é o oitavo melhor do sul do país, entre 92 ofertas