Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Shed nega omissão de seguranças e diz que briga entre mulheres durou no máximo dez segundos

Duas das envolvidas alegam que foram espancadas no local e seguem internadas no Hospital Cajuru.


sábado, 30/julho/2016
Shed nega omissão de seguranças e diz que briga entre mulheres durou no máximo dez segundos

A Shed Western Bar, balada sertaneja do bairro Batel que foi palco de uma briga entre clientes durante a madrugada desta sexta-feira (29), negou omissão de socorro por parte dos seguranças da casa. Em entrevista à Banda B, concedida durante a tarde, após publicação de reportagem, o sócio-proprietário Gustavo Ferreira disse que câmeras mostram que a briga entre as mulheres durou, no máximo dez segundos, e foi rapidamente contida pelos seguranças do espaço. Duas das envolvidas alegam que foram espancadas no local e seguem internadas no Hospital Cajuru.

“O pronto-atendimento aconteceu de maneira rápida e a briga foi separada em poucos segundos pelos seguranças. Após isso oferecemos pronto-socorro do nosso convênio com a Ecco Salva e também foi perguntado se alguém iria querer fazer registro do boletim de ocorrência junto a Polícia Militar”, explicou Ferreira.

No Facebook, as duas jovens alegaram ter sido espancadas por uma mulher, que seria lutadora. O alvo da confusão foi ‘um fora’ que as clientes teriam dado em rapazes, que seriam alunos de uma escola de luta e colegas da agressora. Uma das vítimas é fisioterapeuta e a outra é universitária da PUCPR.

A repórter Flávia Barros, da Banda B, teve acesso às imagens de duas câmeras de segurança e pôde perceber que a confusão começa próximo ao balcão da Shed. Já no início das agressões, é possível ver que alguns frequentadores se afastam e deixam apenas a briga entre dois grupos. Uma das duas vítimas recebe vários golpes desta suposta lutadora e a briga é separada pelos seguranças.

Ferreira disse ainda que, como relatado em um post no Facebook, não foi necessário chamar o Siate justamente por haver um serviço de saúde privado. “Pensamos agora de acionar as clientes juridicamente, já que o alcance das redes sociais deixa uma imagem muito ruim para a Shed essa deturpação dos fatos, que é uma casa séria. Estávamos com quase o dobro de seguranças do normal”, concluiu.

A Banda B solicitou as imagens para a Shed, mas a casa noturna não quis ceder para exibição no Portal Banda B. Pela manhã, a equipe de reportagem já havia pedido um posicionamento em relação a suposta omissão de socorro. Confira na íntegra a nota enviada à nossa redação:

“A Shed Western Bar Curitiba vem por meio dessa nota oficial se posicionar perante o fato ocorrido na madrugada desta sexta-feira (29).

A briga aconteceu entre clientes mulheres e a equipe da casa noturna ainda não sabe exatamente o motivo da confusão. Salientamos que tomamos todas as medidas cabíveis para amenizar a situação no momento do ocorrido e estamos apurando as informações com todas as partes envolvidas.

A equipe da casa noturna repudia qualquer tipo de violência, verbal ou física, e não concorda com comportamentos abusivos. Sentimos muito pelo acontecimento. Estamos à disposição da cliente e dos demais envolvidos para esclarecimentos, assim como da justiça para contribuir com as investigações“.

Nota de Esclarecimento

Após levantamento do ocorrido, a Shed enviou uma segunda nota à Banda B:

A briga aconteceu entre dois grupos de frequentadores por volta das 4h30 da madrugada desta sexta-feira (29), e teve vários envolvidos, dentre homens e mulheres. Os seguranças agiram imediatamente para apartar a briga e as imagens das câmeras de segurança comprovam que a ação dura menos de dez segundos. Apesar da briga envolver várias pessoas, não houve agressão entre pessoas do sexo oposto.
Não houve, em momento algum, omissão por parte dos seguranças da casa. Após a situação ser controlada, foram levantados os dados de todos os envolvidos.

A equipe da Shed ofereceu o suporte necessário aos clientes. Foi oferecido o atendimento médico tanto no ambulatório que existe dentro do estabelecimento, quanto pela Ecco Salva, com a qual a Shed possui convênio. As duas clientes em questão não acharam necessário o atendimento médico.

A polícia foi chamada pelos clientes por volta das 5h30 da madrugada, para fazer o boletim de ocorrência. As duas clientes mulheres não quiseram aguardar pela PM para prestar queixa, mas os homens envolvidos registraram o BO.

As imagens das câmeras de segurança serão disponibilizadas para as autoridades, para auxiliar nas investigações judiciais. Elas não serão divulgadas à imprensa, mas estão disponíveis na sede da Shed Western Bar para os jornalistas que tiverem interesse.

A Shed irá notificar e acionar judicialmente aqueles que utilizaram das redes sociais para difamar a imagem casa e, principalmente, por deturparem de maneira tão contundente os fatos ocorridos, dando a impressão de que a casa foi conivente e omissa em um suposto “espancamento” e, inclusive, utilizando imagens falsas para induzir o público geral ao erro.

BandaB


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Sem seguro, polícia recupera Land Rover de R$ 140 mil e faz alegria de curitibano

Prefeitura traz palestra com Marcos Meier para encontro dos servidores da Educação

Aberto o concurso de Decoração Natalina: Natal Luz em Guaratuba

Campus Santa Cruz desenvolve ações no Novembro Azul


Encapuzados invadem casa e matam empresária; namorado foi poupado

Encapuzados invadem casa e matam empresária; namorado foi poupado


Guaratuba recebe do governo área do futuro Parque de Eventos

Guaratuba recebe do governo área do futuro Parque de Eventos


Guaratuba tem serviço de alerta de tempestades por SMS

Guaratuba tem serviço de alerta de tempestades por SMS


Comitê gestor apresenta projeto para instalação da radioterapia na unidade II do Hospital São Vicente

Comitê gestor apresenta projeto para instalação da radioterapia na unidade II do Hospital São Vicente