Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Vândalos jogam carro da Prefeitura de Campo Largo dentro de piscina

Guarda Municipal foi acionada, mas não encontrou ninguém no local.


terça-feira, 05/dezembro/2017
Vândalos jogam carro da Prefeitura de Campo Largo dentro de piscina

Quatro vândalos jogaram um carro da Prefeitura de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, dentro de uma piscina. O caso foi registrado na noite de segunda-feira (4), na Vila Olímpica da cidade, que é um polo esportivo da administração municipal.

O prefeito Marcelo Puppi (DEM) disse, por meio de nota, que “o prejuízo desse ato de vandalismo é de todos. Não só financeiro, mas é um prejuízo que ninguém deveria enfrentar. Temos que parar a Prefeitura, caminhões, Munk, pessoas, polícia, que deveriam estar à disposição da cidade”.

O prejuízo ainda não foi calculado, de acordo com a prefeitura. O veículo foi retirado da piscina na manhã desta terça-feira (5).

Conforme a administração municipal, os quatro suspeitos devem ser menores.

Os vândalos também destruíram duas câmeras de segurança para não serem identificados. A Guarda Municipal foi chamada, mas não encontrou ninguém no local.

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Samu estará sem linha telefônica ativa nesta quinta-feira

Aeroporto Internacional Afonso Pena inicia voo direto para Assunção, no Paraguai

Boletim de qualidade da água será divulgado a partir do dia 22

Câmara de Guarapuava devolve saldo de recursos nesta sexta-feira (15)


Ladrões furtam e estragam equipamentos do aeroporto de Guarapuava

Ladrões furtam e estragam equipamentos do aeroporto de Guarapuava


Segunda parcela do 13º Salário será antecipada para esta sexta-feira

Segunda parcela do 13º Salário será antecipada para esta sexta-feira


Receita intensifica blitze contra inadimplência de IPVA

Receita intensifica blitze contra inadimplência de IPVA


Motorista brasileiro que for para a Argentina e Paraguai precisa do Carta-Verde

Motorista brasileiro que for para a Argentina e Paraguai precisa do Carta-Verde