Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

André Esteves e Eike Batista: a derrocada dos ícones do capitalismo brasileiro


quarta-feira, 02/dezembro/2015
André Esteves e Eike Batista: a derrocada dos ícones do capitalismo brasileiro

Primeiro foi aquele que era considerado o gênio do empreendedorismo, o novo símbolo do capitalismo tupiniquim. Depois foi o menino prodígio, o ícone do homem do mérito e destemido ao risco do mercado.

O “sucesso” de personagens como o banqueiro André Esteves, preso na semana passada sob suspeita de associação criminosa e o empresário Eike Batista, alvo de denúncias de crimes contra o mercado financeiro, oferecidas à Justiça pelo Ministério Público Federal, coloca por terra a tão propalada “nova geração do capitalismo brasileiro”.

Os dois ícones das elites econômicas nacionais foram escolhidos como “orgulhos da nação” por diversos veículos de comunicação. Estrelas de programas de televisão, seções de economia dos jornais e capas de revistas, Eike e Esteves decepcionaram seus discípulos e seguidores.

Se for colocado ao lado dos dois o empreiteiro Marcelo Odebrecht, preso na operação Lava Jato, que investiga corrupção nas obras da Petrobras, a conclusão é que o “novo capitalismo” nacional vive do dinheiro público. É o dinheiro da população que financia a “fantástica escalada dos gênios” do empreendedorismo nacional.

Eike, o aventureiro que ilustrava a fábula do cara que adentrou o amazonas em busca de ouro, chegou a ser apontado como o oitavo homem mais rico do mundo, com uma fortuna pessoal avaliada em US$ 34,5 bilhões. Tudo não passava de uma “fortuna de PowerPoint”, construída para especular na bolsa. Tudo derruiu tão rápido quanto foi edificado.

Conta-se que Esteves, nos tempos de estudante de matemática, sonhava comprar um posto de gasolina para ficar rico. Aos 36 anos virou bilionário e dono do oitavo maior banco do país, o BTG Pactual, do qual perdeu o controle nesta semana como consequência de sua prisão.

Todos esses desastres, que agora trazem prejuízos para o Brasil e, consequentemente, para todos os brasileiros, servem de exemplo para uma reavaliação do valores morais  do mundo empresarial.

 

Por Célio Martins,


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Em Guarapuava, Bernardo Carli acompanha liberação de R$ 2,9 milhões para reforma de escolas

Guarapuava lança comitê em defesa da Democracia e e pelo direito de Lula ser candidato

Lula

Osmar Dias se reúne com senador Requião


Governador Beto Richa e prefeito Cesar Filho visitam obra de ampliação do Aeroporto de Guarapuava

Governador Beto Richa e prefeito Cesar Filho visitam obra de ampliação do Aeroporto de Guarapuava


“O Paraná deve crescer para todos”, diz Osmar na região Norte

“O Paraná deve crescer para todos”, diz Osmar na região Norte


Autorizado projeto de readequação da estrada entre Santa Maria do Oeste e Campina do Simão

Autorizado projeto de readequação da estrada entre Santa Maria do Oeste e Campina do Simão


Hospital Regional se aproxima dos 60% de obra executada

Hospital Regional se aproxima dos 60% de obra executada