Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Nota Fiscal Paranaense segue para sanção governamental


terça-feira, 31/março/2015
Nota Fiscal Paranaense segue para sanção governamental

Aprovado em redação final, na sessão plenária da última segunda-feira (30), o Projeto de Lei nº 135/15 que cria a Nota Fiscal Paranaense, segue para sanção governamental.

O deputado Artagão Júnior, antigo defensor do projeto, relembra que o programa prevê o retorno em dinheiro de até 30% do ICMS ao consumidor em cada compra feita, através do acumulo de pontos.

“O consumidor ao adquirir mercadorias, bens e serviços poderá solicitar que o valor do crédito seja depositado em conta corrente ou caderneta de poupança de sua titularidade. Outra opção para o cidadão é que ele poderá utilizar os créditos para reduzir o valor do IPVA do exercício seguinte. E ainda o Estado deve aumentar significativamente sua arrecadação, o que consequentemente aumenta o seu poder de investimento em todas as áreas da administração pública”, reforça o deputado Artagão Júnior, que vem trabalhando no projeto desde 2011, ano em que apresentou a Indicação Legislativa nº 2328.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Guaratuba tem serviço de alerta de tempestades por SMS

Comitê gestor apresenta projeto para instalação da radioterapia na unidade II do Hospital São Vicente

Curso sobre Compras Governamentais está com inscrições abertas

Agentes realizam serviços socioambientais na região de Guarapuava


Buraco na pista fecha aeroporto de Foz e atrasa voos

Buraco na pista fecha aeroporto de Foz e atrasa voos


Governo chama mais 100 servidores concursados para Saúde

Governo chama mais 100 servidores concursados para Saúde


Secretário municipal e mais duas pessoas são presas em operação do Gaeco no Litoral

Secretário municipal e mais duas pessoas são presas em operação do Gaeco no Litoral


Ponte do Rio Jordão será interditada para continuidade da obra de duplicação

Ponte do Rio Jordão será interditada para continuidade da obra de duplicação