Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Nova York inaugura primeira clínica de maconha medicinal

Programa atenderá pacientes com doenças graves e terminais.


quinta-feira, 07/janeiro/2016
Nova York inaugura primeira clínica de maconha medicinal

As primeiras clínicas de maconha medicinal de Nova York abrem as portas nesta quinta-feira (7) como parte do lançamento de um dos programas mais conservadores do tipo nos Estados Unidos.

Nova York se juntará a outros 22 Estados e à capital Washington, com programas abrangentes que permitem o uso legal de maconha para câncer, AIDS e outros pacientes certificados por um médico.

O lançamento em Nova York ocorre mais de um ano e meio após o governador Andrew Cuomo assinar a legislação conhecida como a Lei de Cuidados de Compaixão, que permite aos pacientes o uso de maconha para aliviar sintomas. Os defensores da maconha medicinal têm lutado há anos pela mudança.

“Nosso programa assegura a disponibilidade de produtos de maconha medicinal de grau farmacêutico para pacientes certificados e estabelece controles rigorosos visando proteger a saúde e a segurança pública”, disse o Dr. Howard Zucker, comissário de Saúde do Estado de Nova York, em um comunicado.

No âmbito do programa, o Estado licenciou cinco organizações para fabricar e vender maconha medicinal, cada uma autorizada a operar em quatro clínicas. Todas deverão estar em pleno funcionamento até o final do mês.

Em todo o Estado, oito clínicas devem ser inauguradas, em cidades como Nova York e Albany, nesta quinta-feira, segundo autoridades locais de saúde. O programa é restrito a pacientes com doenças muito graves e terminais, incluindo câncer, HIV e AIDS, doença de Parkinson e epilepsia.

 

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Cientistas dizem ter feito a maior descoberta em 50 anos contra doenças degenerativas

Conheça a dispraxia, transtorno que afeta o ator de Harry Potter

Como queimar a gordura abdominal?

Por que engordamos quando ficamos mais velhos


Dermatologistas alertam para o perigo do bronzeado com fita

Dermatologistas alertam para o perigo do bronzeado com fita


Vacina da dengue não deve ser tomada por quem nunca teve a doença, diz nova recomendação da Anvisa

Vacina da dengue não deve ser tomada por quem nunca teve a doença, diz nova recomendação da Anvisa


Mais da metade dos brasileiros de 16 a 25 anos está infectada com HPV

Mais da metade dos brasileiros de 16 a 25 anos está infectada com HPV


Estudo mostra como a diabetes tipo 2 ocorre em pessoas obesas

Estudo mostra como a diabetes tipo 2 ocorre em pessoas obesas