Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

10 dicas para acertar nas fotos de Réveillon

Afinal é a hora de se despedir de um ano inteirinho de muitas histórias


terça-feira, 29/dezembro/2015
10 dicas para acertar nas fotos de Réveillon

A festa de Réveillon é um momento único na vida de cada pessoa. Afinal é a hora de se despedir de um ano inteirinho de muitas histórias e dar as boas vindas para outro novo em folha. Alguns passam em família, outros com amigos, tem até quem opte por passar sozinho, viajando pelo mundo. Independentemente da programação para a virada do ano, a ocasião pede um registro especial. Nada mais frustrante do que ver a foto no computador e perceber que algo deu errado na hora do clic ou do rec. Para não cometer pequenos erros o videomaker Rafael Niess, da produtora Metade da Laranja Filmes, dá algumas dicas práticas tanto para o uso de câmeras quanto para celular:

1. Conheça o seu equipamento
É a primeira vez com sua câmera? Faça testes com ela antes de utilizar em registros importantes. Câmeras possuem diferentes desempenhos de luz, velocidade de foco e até mesmo de tempo para ligar. Ter conhecimento disso pode ser a diferença entre ter e não ter uma imagem importante.

2. Modo automático, manual e pré-configurações
O modo automático faz com que a câmera interprete a cena e ajuste sozinha a luminosidade e foco. Em vários momentos o automático pode até fazer o serviço bem feito, mas existem situações em que a câmera pode se perder e, nesse momento, é importante que você saiba mexer nela no modo manual ou utilizar as pré-configurações (presets) mais adequados ao momento. Eles variam de câmera para câmera, mas é comum encontrar: modo noturno, de retrato, de paisagem, em movimento (que também pode ser chamado de modo esporte ou de crianças), contraluz (quando existe uma luz forte atrás do objeto/pessoa), e até mesmo para neve ou deserto.

3. Luz
A princípio, quanto mais luz melhor. Você já deve ter percebido que aquelas imagens feitas ao ar livre tem mais qualidade que imagens feitas em salas escuras. Isso porque para compensar a falta de luz, a câmera clareia a imagem digitalmente, piorando a qualidade da foto Mas além de ter luz, é importante que a luz esteja do lado certo da cena. Evite que as pessoas fotografadas fiquem de costas para uma janela com luz externa, por exemplo. O ideal é que a luz fique de frente para elas, mas tome cuidado com a sua sombra. Se já consegue lidar bem com essas situações, que tal usar a luz criativa? Ela pode deixar sua foto ainda mais interessante.

4. Enquadramento e composição
Um bom enquadramento faz toda a diferença em uma foto ou vídeo. Se estiver fazendo imagens de pessoas, procure não cortar a cabeça e nem deixar muito espaço para cima e para baixo. Aprender a compor o cenário também é importante. Se puder, acrescente ou retire objetos de cena, ou mude o enquadramento para não mostrar algo que não queira que apareça. Se tiver fazendo imagem de paisagem, veja o que é interessante e o que pode ser retirado. Se possível se afaste ou se aproxime para compor uma imagem melhor.

5. Zoom
Sempre que possível utilize somente o zoom ótico, pois o zoom digital nada mais é que a ampliação da imagem de forma digital, o que ocasiona uma grande perda de qualidade. E mesmo que a sua câmera possua um bom zoom ótico, não fique aproximando e afastando sem necessidade, pois normalmente as câmeras possuem lentes que são melhores em modo wide (mais aberto) do que em tele (mais fechado).

6. Utilize um tripé ou monopé
Pode ser que você não tenha mãos firmes, pode ser que esteja empolgado e mexa a câmera demais. Nesses casos um tripé, ou até mesmo um monopé pode salvar a sua imagem. E aqui um aviso: o zoom influencia muito, pois quando maior o zoom, mais aparente é o tremor.

7. Selecione melhor as suas imagens
Seja foto ou vídeo, não saia fazendo imagens desnecessárias que depois vão encher o HD do seu computador à toa. Escolha aquilo que realmente interessa guardar de recordação.

8. Não filme com o celular em pé
A não ser que você esteja fazendo um vídeo para o Snapchat, dificilmente encontrará um monitor ou TV na vertical para reproduzir o vídeo em tela cheia. Além disso, a imagem horizontal é mais natural (é assim que enxergamos). Portanto, coloque o seu aparelho na horizontal antes de apertar o botão de rec.

9. O momento certo
Nem sempre a melhor imagem é aquela que está acontecendo no momento. Algumas vezes, esperar alguns segundos pode fazer a diferença entre uma imagem comum e uma imagem extraordinária. Pode ser uma expressão de felicidade do seu filho ao abrir um presente, um beijo carinhoso entre familiares, o fim de uma piada ou até mesmo algo que estava atrapalhando uma imagem de paisagem. Analise a situação e tente prever o que pode acontecer para estar preparado.

10. Aproveite o momento
Faça como Sean O’Connell, o fotógrafo do filme “A vida secreta de Walter Mitty”. Capte as imagens que achar necessário, mas lembre do mais importante: aproveitar o momento. De nada adianta ter recordações do que não foi vivido.


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Pesquisa Aponta : Mulheres gordinhas são melhores de Cama do que as magras

Peter Mayle, escritor britânico, morre aos 78 anos

Traficantes são presos pela PM em Guarapuava

Foragida é localizada em Balneário Camboriú depois de postar foto em rede social


Fenômeno ‘arco-íris de fogo’ é flagrado em Caraguatatuba

Fenômeno ‘arco-íris de fogo’ é flagrado em Caraguatatuba


Sou obrigado a pagar os 10% da conta no restaurante?

Sou obrigado a pagar os 10% da conta no restaurante?


Nota de Falecimento

Nota de Falecimento


A história do caminhoneiro que se assumiu crossdresser e roda o Brasil de salto alto

A história do caminhoneiro que se assumiu crossdresser e roda o Brasil de salto alto