Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Com Pedreira lotada, David Gilmour deixa fãs com ‘alma lavada’

O show tecnicamente perfeito, mesclou clássicos e canções da carreira solo


terça-feira, 15/dezembro/2015
Com Pedreira lotada, David Gilmour deixa fãs com ‘alma lavada’

Com a Pedreira Paulo Leminski lotada e os 22 mil ingressos colocados à venda esgotados, o guitarrista britânico David Gilmour entrou no palco pontualmente às 20h desta segunda-feira (14). Os fãs, que desde a tarde aguardavam o primeiro show do integrante do Pink Floyd em Curitiba, foram embora de alma lavada. Com um show tecnicamente perfeito, que mesclou clássicos e canções da carreira solo, Gilmour emocionou o público curitibano.

A plateia vibrou assim que entoaram os primeiros acordes de “5 A.M.”, música do novo disco, “Rattle That Lock”, que abriu a apresentação.Na sequência, Gilmour emendou a canção título do álbum. A terceira foi “Faces of Stone”, que apresenta o saxofonista curitibano João de Mello Macedo, que entrou para a banda de Gilmour nessa turnê.

A primeira do Pink Floyd foi a balada clássica “Wish You Were Here”, com o ídolo ao violão e o público delirando, de mãos para cima e olhos fechados. Um dos maiores clássicos do rock foi cantado com um grande coral.

Em “A Boat Lies Waiting”, música do último disco solo de Gilmour, ele homenageou Richard Wright (1943-2008), ex-pianista do Pink Floyd. Após “The Blue”, o músico se manifestou pela primeira vez, agradecendo ao público em inglês e português (“thank you very much, obrigado”).

Em seguida, emendou outro clássico de sua banda, “Money”, levando o público à loucura. Quem brilhou foi João Melo, executando com maestria o famoso solo de saxofone da canção.

A poderosa “Us and Them” revelou uma certa rouquidão de Gilmour, que faz seu terceiro show em quatro dias. Mas o público não se importou nem um pouco. Ao aparecer no telão, o curitibano João Mello foi mais uma vez ovacionado pela plateia.

Após um intervalo de 20 minutos, Gilmour e banda retornaram com “Astronomy Domine”, música da qual participou Syd Barrett, amigo e antecessor no Pink Floyd. Mais um clássico da banda veio a seguir, “Shine on You Crazy Diamond”,na qual João Mello e seu sax voltaram a brilhar. “On an Island”, da carreira solo, só reafirmou o talento de Gilmour como músico e cantor.

Foi quando o astro apresentou João Mello, “de Curitiba, Brasil”. O saxofonista retribuiu dizendo que “David está adorando a noite, assim como eu”. A canção jazzy “The Girl in the Yellow Dress” foi oferecida à mãe de João, a atriz Christiane de Macedo. No telão, os vídeos eram uma atração à parte.

O bis emendou três clássicos para fechar a apresentação com chave de ouro. “Time”, “Breathe (Reprise)” e “Confortably Numb” deixaram extasiados os milhares de fãs que foram à Pedreira, aplaudindo aquele que foi um dos melhores shows do ano na cidade.

 

Paranaonline


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
A família-problema do ‘BBB18’

Atriz Desirée Vignolli morre no Rio

Pesquisa Aponta : Mulheres gordinhas são melhores de Cama do que as magras

Peter Mayle, escritor britânico, morre aos 78 anos


Traficantes são presos pela PM em Guarapuava

Traficantes são presos pela PM em Guarapuava


Foragida é localizada em Balneário Camboriú depois de postar foto em rede social

Foragida é localizada em Balneário Camboriú depois de postar foto em rede social


Fenômeno ‘arco-íris de fogo’ é flagrado em Caraguatatuba

Fenômeno ‘arco-íris de fogo’ é flagrado em Caraguatatuba


Sou obrigado a pagar os 10% da conta no restaurante?

Sou obrigado a pagar os 10% da conta no restaurante?