Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Facebook terá vídeos ao vivo com filtros similares aos do Snapchat

Rede social anunciou integração da ferramenta com o app MSQRD.


quinta-feira, 23/junho/2016
Facebook terá vídeos ao vivo com filtros similares aos do Snapchat

O Facebook em breve terá vídeos muito parecidos com os do aplicativo Snapchat. Isso porque a rede social irá atualizar sua ferramenta de transmissões ao vivo nas próximas semanas para integrá-la ao MSQRD, app comprado pelo Facebook em março que cria filtros que alteram o rosto dos usuários em selfies e vídeos em 1ª pessoa.

A novidade foi anunciada por Fidji Simo, diretor de produto do Facebook, durante a VidCon, conferência na Califórnia (EUA) voltada ao setor de vídeos online. A notícia foi publicada pelo site de tecnologia The Verge.

Durante a VidCon, o Facebok também anunciou que a ferramenta de vídeos terá um novo recurso para convidar amigos a uma transmissão ao vivo. “Existem dezenas de novas possibilidades com esse novo formato: entrevistas, debates, duetos, colaborações e mais”, diz a empresa. A função será lançada primeiro para as páginas verificadas pela rede social.

 

 

g1


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Komprão Koch Atacadista abre 150 vagas de emprego em Itapema

Novo recurso do WhatsApp mostra aos amigos onde você está

Polícia flagra carro a 208 km/h no interior do Paraná. Veja vídeo

Loren Franco usa saia justa em ensaio, chama atenção e esbanja boa forma


Acidente deixa 3 mortos e 2 feridos na PR-466, em Pitanga

Acidente deixa 3 mortos e 2 feridos na PR-466, em Pitanga


Conheça a origem da Sexta-feira 13

Conheça a origem da Sexta-feira 13


Priscila Soares musa fitness miss Santa Catarina causa em campanha para tratamento de cabelo

Priscila Soares musa fitness miss Santa Catarina causa em campanha para tratamento de cabelo


Mulher posa nua junto a viatura da polícia na Paraíba e corregedoria investiga caso

Mulher posa nua junto a viatura da polícia na Paraíba e corregedoria investiga caso