Superinformado Notícias
Facebook
Twitter
Instagram

Limpeza adequada da caixa d’água ajuda a prevenir doenças

Casos de virose podem ser causados pela falta de higienização nos reservatórios


quinta-feira, 21/janeiro/2016
Limpeza adequada da caixa d’água ajuda a prevenir doenças

A caixa d’água que não recebe a limpeza e cuidado adequado pode oferecer muitos riscos à saúde. Sem a higienização periódica, o local pode acumular resíduos e contaminar a água que, ao ser consumida, pode provocar mal estar como diarreias, vômitos e viroses. Basta ingerir pouca quantidade, seja ao escovar os dentes, tomar banho ou mesmo lavar alimentos, para que a pessoa adoeça.  Além disso, a manutenção frequente dos reservatórios evita a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor de doenças como a dengue, chikungunya e zika vírus.

Os imóveis na praia, ocupados sazonalmente, merecem atenção especial. Muitas vezes as caixas d’água são esquecidas e não recebem a manutenção necessária. Com a água parada por muito tempo, ocorre a perda de cloro, produto que protege da contaminação e evita o acúmulo de sujeira, mosquito e até pequenos animais que se depositam no fundo do reservatório. “Proprietários de casas e síndicos de condomínios devem ficar atentos. O recomendado é fazer a limpeza da caixa d’água a cada seis meses e o cuidado deve ser redobrado durante o Verão. Sempre verifique se a tampa do reservatório está bem fechada para evitar a entrada de qualquer tipo de mosquito ou sujeira”, destaca o especialista em hidráulica, Paulo Censi. Ele indica o passo a passo de como fazer a limpeza e desinfecção adequada da caixa d’água:

1-     Feche o registro e esvazie a caixa d’água abrindo torneiras e dando descargas.

2-     Feche a saída quando a caixa estiver quase vazia. Aproveite essa água para fazer a limpeza do reservatório, evitando que a sujeira não desça pelo cano.

3-     Utilize panos, escova macia ou esponja para esfregar as paredes e o fundo da caixa. Nunca use sabão, detergente ou outros produtos.

4-     Use balde e panos para retirar a água suja que restou da limpeza.

5-     Com a caixa limpa, deixe entrar água até encher e adicione um litro de água sanitária para cada mil litros de água.

6-     Aguarde por duas horas para efetuar a desinfecção do reservatório.

7-     Esvazie a caixa. Esta água servirá para limpeza e desinfecção das canalizações e da residência.

8-     Para finalizar, tampe a caixa d’água para que não entrem pequenos animais ou insetos.

9-     Não se esqueça de anotar a data da limpeza do lado de fora da caixa para lembrar quando será necessária a próxima.

10- Finalmente abra a entrada de água.

Paulo Censi lembra ainda que é importante deixar correr a água depois da caixa limpa até que a água apresente um aspecto límpido. Em tempos de economia de água, uma dica é instalar produtos que ajudem neste quesito em torneiras, chuveiros e descargas, que chegam a diminuir o desperdício em até 50%. “Para torneiras e chuveiros a dica é fazer a instalação de redutores de vazão e para as descargas, a alternativa é utilizar mecanismos com duplo acionamento, que podem substituir sistemas antigos de maneira fácil e rápida”, recomenda o especialista.

 

 

Censi Sistemas Hidrossanitários
Rua Bahia, 4253, Salto Weissbach, Blumenau (SC)
www.censi.com.br


Compartilhar
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google Plus

Leia Também
Fenômeno ‘arco-íris de fogo’ é flagrado em Caraguatatuba

Sou obrigado a pagar os 10% da conta no restaurante?

Nota de Falecimento

A história do caminhoneiro que se assumiu crossdresser e roda o Brasil de salto alto


PRF recolhe carro de luxo de Blumenau com mais de R$ 15 mil em dívidas

PRF recolhe carro de luxo de Blumenau com mais de R$ 15 mil em dívidas


Turistas são flagrados com fogão e botijão de gás na areia em Balneário Camboriú

Turistas são flagrados com fogão e botijão de gás na areia em Balneário Camboriú


Gusttavo Lima posta vídeo ‘roubando’ milho em rodovia de Goiás para fazer pamonha: ‘Deus, perdoa nós’

Gusttavo Lima posta vídeo ‘roubando’ milho em rodovia de Goiás para fazer pamonha: ‘Deus, perdoa nós’


Prouni 2018: inscrições poderão ser feitas entre 6 e 9 de fevereiro

Prouni 2018: inscrições poderão ser feitas entre 6 e 9 de fevereiro